Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical (PPGMedtrop)

Sobre o Programa

CONVITE

Convidamos aos estudantes e docentes do Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical para assistirem a apresentação que será feita por Anna Ramond, intitulada:

 "Non-genital pediatric Zika virus infections: a systematic review"

A apresentação ocorrerá no Auditório Nelson Chaves, no térreo do Departamento  de Nutrição  da UFPE, no dia 31 de Maio às 14:00hs.

Anna Ramond é epidemiologista e atualmente faz pós-doutorado na London School of Hygiene and Tropical Medicine. Colabora com atividades de pesquisa desenvolvidas pelo Microcephaly Epidemic Research Group – MERG, formado por pesquisadores da Universidade Federal de Pernambuco vinculados aos Programas de Pós-Graduação em Medicina Tropical (PPGMT-UFPE), de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (PPGSC-UFPE)  e de Pós-Graduação em Saúde da Criança e do Adolescente (PPGSCA-UFPE), e por pesquisadores da Universidade de Pernambuco, Fundação Oswaldo Cruz e London School of Hygiene and Tropical Medicine.

A visita de Anna se enquadra nas atividades de intercambio de pesquisadores dessas instituições, formalizadas através de um contrato (Memorandum of Understanding) entre as mesmas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

HOMOLOGAÇÃO DO RESULTADO DA BOLSA DE PROFESSOR VISIANTE NO BRASIL - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM MEDICINA TROPICAL DA UFPE

 

 

Aprovado e Classificado: Prof Dr Patrice Le Pape, PhD (1992) Montpellier University and HDR (2004) Nantes University, France.

Present situation: Professor of Parasitology and Medical Mycology classe exceptionnelle (UPRES EA1155 - IICiMed, Université de Nantes) et Praticien hospitalier (Centre Hospitalier Universitaire de Nantes).

Director of the research team l'EA 1155 IICiMed, Université de Nantes, France

 

EDITAL N. 002/2019 – UFPE/PrInt

Área temática: Inovação em Saúde

Descoberta e desenvolvimento de novos compostos antifúngicos com capacidade de reversão de resistência antifúngica

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INTERNACIONALIZAÇÃO DA UFPE

BOLSA DE PROFESSOR VISITANTE NO BRASIL

O Projeto Descoberta e desenvolvimento de novos compostos antifúngicos com capacidade de reversão de resistência antifúngica da área temática Inovação em Saúde do Programa Institucional de Internacionalização da Universidade Federal de Pernambuco torna público que do dia 24/04/2019 até o dia 26/04/2019 estão abertas as inscrições para bolsa de Professor Visitante no Brasil.

1. OBJETIVOS

1.1        Implementar o Programa Institucional de Internacionalização (PrInt) da CAPES na Universidade Federal de Pernambuco, pela chamada de interessados para bolsas de Professor Visitante no Brasil. Pretende-se, com isso, atrair docentes e pesquisadores de renome atuantes e residentes no exterior para proferir cursos, treinamentos, palestras ou seminários presenciais.

1.2        Viabilizar a realização do projeto que oferta a bolsa, segundo os objetivos descritos no projeto de cooperação internacional, mediante o cumprimento das atribuições previstas para o/a bolsista junto às Instituições parceiras no exterior a que ele/ela estará vinculado/a.

2. ELEGIBILIDADE

2.1        São condições de elegibilidade do/a Candidato/a:

2.1.1     ser residente e atuante no exterior;

2.1.2     apresentar produção intelectual acima da mediana do PPG ao qual estará vinculado;

2.1.3     possuir registro de currículo na plataforma ORCID;

2.1.4     apresentar plano de trabalho a ser desenvolvido, conforme modelo proposto pela coordenação do Projeto, que revele aderência à área temática (nome);

2.1.5     apresentar carta-convite emitida pelo PPG a que se vinculará ou da Coordenação do respectivo projeto.

2.1.6     os candidatos estrangeiros que não forem falantes nativos de língua portuguesa ou inglesa deverão atender a um dos 3 requisitos a seguir:

2.1.6.1   comprovar o domínio de uma destas línguas por meio de documento da coordenação do projeto que informe que o interessado possui proficiência linguística suficiente para as atividades propostas;

2.1.6.2   apresentar, para língua portuguesa, certificado Celpe-Bras; ou

2.1.6.3   apresentar, para a língua inglesa, um dos certificados previstos no anexo XII do Edital nº 41/2017 – Capes/PrInt.

3. BENEFÍCIO DO/A BOLSISTA E VAGAS

3.1        Bolsa mensal com valores definidos no anexo 11 do Edital nº. 41/2017 – Capes/PrInt.

3.2        Para o presente Edital são ofertadas 01 bolsa na modalidade Professor Visitante no Brasil, com duração de  15 dias.

4. DAS PROPOSTAS

4.1        As propostas deverão ser apresentadas pelo candidato à Comissão de Seleção do Projeto Descoberta e desenvolvimento de novos compostos antifúngicos com capacidade de reversão de resistência antifúngica da Área Temática Inovação em Saúde, constituída pelos professores Maria Amélia Vieira Maciel, Rejane Pereira Neves e Reginaldo Goncalves de Lima Neto, contendo, os seguintes documentos:

4.1.1     currículo que comprove a exigência do item 2.1.2;

4.1.2     plano de trabalho, em conformidade com descrição no anexo do edital.

5. ANÁLISE E CLASSIFICAÇÃO DAS PROPOSTAS

5.1        No processo de seleção, a Comissão responsável levará em conta o atendimento aos requisitos deste Edital pelo/a Candidato/a e a adequação da documentação apresentada. Para classificação das Candidaturas será utilizado os seguintes critérios:

5.1.1     currículo do/a candidato/a;

5.1.2     plano de trabalho, sendo considerados:

            5.1.2.1   pertinência do plano de trabalho para o projeto PrInt/UFPE com aderência à área temática Inovação em Saúde e sua exequibilidade dentro do cronograma previsto;

5.1.2.2 potencial científico para o desenvolvimento dos estudos propostos.

6. DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS E RECURSOS

6.1        A Comissão de seleção divulgará os resultados no site do Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical após a seleção, conforme o cronograma disposto no item 8.

6.2        Pedidos de reconsideração aos resultados poderão ser apresentados à Comissão de Seleção em até 1 (hum) dia útil após a publicação dos resultados;

            6.2.1     A Comissão de Seleção terá 1 (hum) dia útil para se manifestar referente ao pedido de reconsideração.

6.3        Pedidos de recursos quanto ao resultado do pedido de reconsideração caberão ao Grupo Gestor do PrInt na UFPE.

6.3.1     Os pedidos devem ser apresentados em até 1 (hum) dia útil ao Grupo Gestor, na Propesq.

6.3.2     O Comitê Gestor se manifestará, em última instância, em até 2 (dois) dias úteis.

7. PRESTAÇÃO DE CONTAS

7.1        O Projeto e o Programa de Pós-graduação a que o/a Professor/a Visitante estiver vinculado/a designarão, dentre seus Docentes, Supervisor/a responsável pelas atividades do/a Bolsista. O/A Supervisor/a apresentará relatório até 30 (trinta) dias após o retorno do/a Bolsista a seu país de origem.

7.2        Ao/À Bolsista caberá:

7.2.1     apresentação de comprovantes de embarque;

7.2.2     apresentação de comprovante da aquisição de seguro-saúde

8. CRONOGRAMA

Divulgação do Edital

23/04/2019

Período para Inscrições

24 a 26/04/2019

Divulgação dos Resultados

29/04/2019

Interposição de pedidos de reconsideração por esta Comissão

30/04/2019

Divulgação de decisões quanto a pedidos de reconsideração

02/05/2019

Interposição de recursos junto ao Grupo Gestor

03/05/2019

Divulgação dos resultados finais

06/05/2019

9. RESERVA

9.1        O Grupo Gestor do PrInt/UFPE reserva-se o direito de resolver casos omissos e situações não previstas no presente Edital.

Recife, 23 de abril de 2019.

Profa Dra Rejane Pereira Neves

Coordenadora do Projeto

Profa Dra Maria Amélia Vieira Maciel

Coordenador/a do PPG

Anexo

Descrição Plano de Trabalho

No máximo 15.000 (quinze mil) caracteres, com cronograma do plano de atividades, incluindo a infraestrutura experimental ou laboratorial específica. Deve conter, obrigatoriamente, os itens abaixo:

a) Título;

b) Introdução e justificativa, apresentando a atualidade e relevância para a temática;

c) Objetivos, com definição e delimitação clara do objeto de estudo;

d) Cronograma das atividades;

e) Contribuição do plano de trabalho para a promoção do ensino, formação e aprendizagem, quando o caso;

f) Potencial para o aumento da rede de pesquisa e educação, com novas técnicas e parcerias, além de ampla divulgação dos resultados, quando o caso;

h) Relevância para o desenvolvimento científico e tecnológico da área no Brasil no médio e longo prazos;

i) Relevância para o desenvolvimento econômico e de bem-estar social do Brasil no médio e longo prazos, quando o caso;

j) Se o plano de trabalho prevê/atende às normas às nacionais e internacionais, quando relevante.

 

 

 

Homologação dos Resultados do Processo Seletivo para a 35ª Turma de Mestrado em Medicina Tropical do CCS/UFPE – Ano de 2019

APROVADOS E CLASSIFICADOS OUTROS PROFISSIONAIS NA ÁREA DE SAUDE

CLASSIFICAÇÃO

CÓDIGO

NOTA

1º. Lugar

ME1948

10,000

2º. Lugar

ME1932

9,040

3º. Lugar

ME1985

8,784

4º. Lugar

ME1995

8,294

APROVADOS E CLASSIFICADOS MÉDICO

1º. Lugar

ME1923

9,07

2º. Lugar

ME1967

8,62

3º. Lugar

ME1975

8,32

 

A NOTA LIBERADA FOI CORRIGIDA CONSIDERANDO A MAIOR NOTA COMO 10.

 

 

 

 

PROCESSO SELETIVO PARA A 35ª TURMA DE MESTRADO EM MEDICINA TROPICAL DA UFPE – ANO: 2019

ORD.

CÓDIGO

NOTA CURRÍCULO

1

ME1923

1,7525

2

ME1932

3,7620

3

ME1948

5,4870

4

ME1967

3,4900

5

ME1975

0,9070

6

ME1985

1,4120

7

ME1995

2,3875

 

 

 

Processo Seletivo Turma de Mestrado em Medicina Tropical – Ano: 2019

PROVA DE INGLÊS

ME1985

7,8

ME1931

5,8

ME1923

9,5

ME1971

4,5

ME1988

5,8

ME1967

9,7

ME1975

7,5

 

Processo Seletivo Turma de Mestrado em Medicina Tropical – Ano: 2019

 

CÓDIGO

PROVA DE CONHECIMENTO

(PESO 7)

PROJETO EXPANDIDO

(PESO 3)

NOTA FINAL

1

ME1975

9,0 x 0,7= 6,3

7,0 x 0,3= 2,1

8,40

2

ME1985

8,8x0,7= 6,16

8,0x 0,3= 2,4

8,56

3

ME1923

8,5x0,7= 5,95

9,0x 0,3= 2,7

8,65

4

ME1932

7,6x0,7= 5,32

6,5x0,3= 1,95

7,27

5

ME1995

6,9x0,7= 4,83

8,5x0,3= 2,55

7,38

6

ME1948

6,8x0,7= 4,76

8,0x0,3= 2,4

7,16

7

ME1967

7,0 x0,7= 4,9

7,0x0,3=2,1

7,00

8

ME1966

4,0x0,7= 2,8

9,0x0,3= 2,7

5,50

9

ME1987

5,0x0,7= 3,5

6,5x0,3= 1,95

5,45

10

ME1986

2,0x0,7= 1,4

9,0x0,3= 2,7

4,10

11

ME1988

2,5x0,7= 1,75

6,5x0,3= 1,95

3,70

12

ME1971

1,0x0,7=0,7

8,0x0,3= 2,4

3,10

13

ME1931

1,5x0,7= 1,05

4,5x0,3= 1,35

2,40

3.1.2.1 – Avaliação de resumo expandido de projeto de pesquisa e prova de conhecimento formarão uma única nota, que será eliminatória, nota mínima de 7 (sete).

 

 

 

 

 

ESPELHO DA PROVA DE SELEÇÃO DE MESTRADO DO PROGRAMA DE PÓSGRADUAÇÃO EM

MEDICINA TROPICAL

 

1. DIARREIAS INFECCIOSAS: VIRAL E BACTERIANA

 

1.1 QUADRO CLÍNICO:

- diarreia aguda e diarreia crônica

- características das diarreias por vírus

(diarreias aquosas, tempo de diarreia, náuseas, vômitos, febre, perda de apetite,

adinamia).

- características das diarreias bacterianas.

- presença ou ausência de febre; enterocolite; fezes sanguinolentas

 

1.2 Diagnóstico clínico:

- Diarreia aguda viral: frequência e características das diarreias, período de incubação;

ingesta de alimentos, idade, co-morbidades, ausência de sangue.

- Diarreia aguda bacteriana: característica das fezes (frequência e volume das fezes,

presença de muco e piosanguinolenta); tenesmo; historia de viagens

 

2. TUBERCULOSE PULMONAR

 

2.1 QUADRO CLÍNICO:

TUBERCULOSE PRIMÁRIA (< 3 ANOS; AUTOLIMITADA; ADENOPATIA HILAR E MEDIASTINAL;

PNEUMONIA ATÍPICA (febre baixa; tosse seca; gripe prolongada, ausculta pulmonar).

Apresentação radiológica (adenopatia hilar e infiltrado (nódulos de GHON).

REGRESSÃO SEM COMPLICACÇÕES

COMPLICAÇÕES: ATELECTASIA, PNEUMONIA; TUBERCULOSE MILIAR

TUBERCULOSE PÓS PRIMÁRIA (>3 ANOS/ REINFECÇÃO OU REATIVAÇÃO).

OLIGOSSINTOMÁTICOS - TOSSE CRÔNICA ( SECA; MUCOIDE; PURULENTA; HEMOPTICA); FEBRE

VESPERTINA; SUDORESE NOTURNA, PERDA DE PESO, ausculta pulmonar.

Apresentação radiológica: Infiltrados; cavíticos; fibrose.

 

2.2. DIAGNÓSTICO CLÍNICO:

História de contato com paciente bacilífero

Sintomático respiratório

Exame Fisico:RONCOS, SIBÍLOS, ESTERTORES E SOPROS TUBÁRIOS.

 

 

 

 

Resultado da Homologação da Seleção

da 36ª Turma de Mestrado – 2019

CÓDIGO

HOMOLOGADO*

ME 1923

Sim

ME1931

Sim

ME1932

Sim

ME1948

Sim

ME1966

Sim

ME1967

Sim

ME1971

Não. Devido à necessidade dos itens 2.1h; 2.2b e 2.2c,  segundo Edital.

ME1975

Sim

ME1976

Sim

ME1985

Sim

ME1986

Sim

ME1987

Sim

ME1988

Sim

ME1995

Sim

*Os candidatos não homologados podem comparecer as etapas seguintes do processo seletivo, caso venham a entrar com recurso.

 

ETAPAS DO CONCURSO AO MESTRADO

DATAS

HORÁRIOS/LOCAL

Etapa 1A - Prova de idioma (inglês)

12/02/2019

(Terça-feira)

9:00 às 12:00 horas

Sala do Programa – Bl. A, Térreo do HC/UFPE

Etapa 1B - Prova de conhecimento

12/02/2019

(Terça-feira)

14:00 às 17:00 horas

Sala do Programa – Bl. A, Térreo do HC/UFPE

 

 

Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical da UFPE lançou edital de seleção para interessados em ingressar no corpo discente dos cursos de mestrado no ano letivo de 2019. A inscrição se realizará na Secretaria da Pós-graduação em Medicina Tropical, entre os dias 22 de janeiro a 08 de fevereiro de 2019, entre 09:00 às 12:00 e 13:00 às 17:00 horas, pessoalmente ou através de procurador, mediante a apresentação de instrumento de mandato.

 

A inscrição poderá ser realizada por correspondência via SEDEX, desde que postada até a data de encerramento das inscrições e recebida pelo Programa em até 3 (três) dias da mesma data, não se responsabilizando o Programa por atrasos ocorridos na entrega postal.

 

As inscrições por correspondência serão verificadas quando do seu recebimento pela Comissão de Seleção e Admissão no que se refere ao cumprimento dos requisitos para a sua aceitação, conforme item 2.

São de inteira e exclusiva responsabilidade do candidato as informações e a documentação por ele fornecidas para a inscrição, as quais não poderão ser alteradas ou complementadas, em nenhuma hipótese e/ou a qualquer título. Todas as documentações exigíveis serão entregues em envelope fechado pelo candidato, que será devidamente inserido, pela comissão organizadora, em envelope com lacre na presença do candidato. O candidato receberá um código de inscrição que será a sua identificação durante processo seletivo. Os candidatos que fizerem a inscrição por correspondência via SEDEX receberão o código via e-mail.

 

São fixadas em 8 vagas (4 para médicos e 4 para outros profissionais na área de saúde) para o Curso de Mestrado. As vagas não ocupadas poderão ser redistribuídas obedecendo à ordem de classificação e segundo homologação do Colegiado do Programa.

Havendo desistência de candidato classificado até a data de encerramento da matrícula, será convocado o candidato aprovado e não classificado, obedecida a ordem de classificação.

Haverá 01 vagas institucionais adicionais segundo a resolução Nº 01/2011.

 

Para o Curso de Mestrado, exige-se graduação, reconhecida pelo MEC, nas áreas de Medicina, Farmácia/Bioquímica, Biomedicina e Ciências Biológicas (licenciatura e bacharelado); realizados em instituições reconhecidas pela CAPES/MEC.

 

Link do Edital:

https://www.ufpe.br/documents/38962/1870976/Bo007.pdf/9526e0dc-6d99-4d5a-9ed3-bae7fa7635be

 

Lembrete: Na pág. 20 do Edital (BO No. 007 – V. 54 ESPECIAL), favor considerar o código da unidade gestora constante no texto e não na imagem para gerar a GRU (vide também abaixo) o preenchimento:


Unidade Gestora: 153098 - Gestão: 15233 – Universidade Federal de Pernambuco
Código de Recolhimento: 28832-2 – Serviços Educacionais

 

 

 

 

Homologação dos Resultados do Processo Seletivo para a 35ª Turma de Mestrado em Medicina Tropical do CCS/UFPE – Ano de 2019

CLASSIFICAÇÃO

CÓDIGO

NOTA

1º. Lugar

MD 1918

10,00

2º. Lugar

MD 1956

9,61

 

A NOTA LIBERADA FOI CORRIGIDA CONSIDERANDO A MAIOR NOTA COMO 10

 

Homologação dos Resultados do Processo Seletivo para a 20ª Turma de Doutorado em Medicina Tropical do CCS/UFPE – Ano de 2019

APROVADOS E CLASSIFICADOS OUTROS PROFISSIONAIS NA ÁREA DE SAUDE

CLASSIFICAÇÃO

CÓDIGO

NOTA

1º. Lugar

DO1927

10,00

2º. Lugar

DO1988

9,98

3º. Lugar

DO1922

9,50

4º. Lugar

DO1977

9,02

5º. Lugar

DO1909

8,82

6º. Lugar

DO1981

7,56

APROVADOS E CLASSIFICADOS MÉDICO

1º. Lugar

DO1956

9,15

NÃO APROVADO

 

DO1917

5,85

 

A NOTA LIBERADA FOI CORRIGIDA CONSIDERANDO A MAIOR NOTA COMO 10.

 

Resultado da Etapa 3 – Avaliação do Curriculum Vitae - Processo Seletivo para Admissão – Ano Letivo 2019 ao corpo discente ao Programa de Pós-graduação em Medicina Tropical, Curso de Mestrado

CANDIDATO

NOTA

MD1956

3,09

MD 1918

4,43.

 

 

Resultado da Etapa 3 – Avaliação do Curriculum Vitae - Processo Seletivo para Admissão – Ano Letivo 2019 ao corpo discente ao Programa de Pós-graduação em Medicina Tropical, Curso de Doutorado

DO1909

4,67

DO1917

1,15

DO1927

4,03

DO1977

3,90

DO1981

4,78

DO1988

5,10

DO1956

5,63

DO1922

5,55

 

 

Resultado da Etapa 2 – Avaliação de resumo expandido de projeto de pesquisa e prova de conhecimento - Processo Seletivo para Admissão – Ano Letivo 2019 ao corpo discente ao Programa de Pós-graduação em Medicina Tropical, Curso de Mestrado:

CANDIDATO - MD1957

Recurso Indeferido

 

 

Resultado Etapa 2- Avaliação, Apresentação e Defesa do Projeto de Pesquisa – Seleção da 20ª Turma de Doutorado

CANDIDATO

NOTA

DO1909

7,14

DO1917

6,03

DO1927

8,94

DO1977

7,88

DO1981

5,90

DO1988

8,20

DO1956

7,00

DO1922

7,34

 

 

 

Relação das notas do Projeto Expandido e Prova de Conhecimento com Peso dos Candidatos ao Mestrado

Código do Aluno

Projeto Expandido

Peso 3

Prova de Conhecimento

Peso 7

Nota Final

MD 1957

6,5 X 3= 1,95

6,5 X 7 = 4,55

6,5

MD 1951

7,5 X3 =2,25

5,8 X 7 = 4,06

6,31

MD 1956

9,0 X 3= 2,7

7,9 X 7 =5,53

8,23

MD 1945

6,5 X 3= 1,95

2,0 X 7 =1,4

3,35

MD 1918

9,5 X 3 = 2,85

7,0 X 7 =4,9

7,75

MD 1935

6,5 X 3= 1,95

1,0 X 7=0,7

2,65

MD 1926

6,5 X 3= 1,95

1,0 X 7=0,7

2,65

MD 1924

4,5 X 3 = 1,35

3,0 X 7=2,1

3,45

MD 1989

9,5 X 3 = 2,85

1,0 X 7=0,7

3,55

MD 1941

8,0 X 3= 2,4

1,0 X 7=0,7

3,1

MD 1978

8,0 X 3= 2,4

0,5 X 7=0,35

2,75

MD 1929

8,0 X 3= 2,4

3,0 X 7=2,1

4,5

MD 1912

7,0 X 3 =2,1

2,0 X 7=1,4

3,5

MD 1904

6,0 X 3 = 1,8

3,0 X 7=2,1

3,9

MD 1916

5,5 X 3 = 1,65

1,0 X 7=0,7

2,35

MD 1938

9,8 X 3 = 2,94

1,5 X 7=1,05

3,99

 

 

Espelho da Prova de Conhecimento da Seleção de Mestrado da

Pós-graduação Medicina Tropical referente aos tópicos sorteados.

  

 

  1. Características morfológicas e estruturais do Treponema pallidum

Morfologia do Treponema pallidum: tamanho, comprimento, morfologia

Estruturais: Parede celular e outras estruturas bacterianas descrevendo a função das mesmas

 

  1. Diagnostico Laboratorial das Diarreias infecciosas: viral e bacteriana;
  1. Diarreias Bacterianas

Amostras Clinicas (Validação e transporte)

Bacterioscopia

Cultura e Identificação bacteriana por métodos clássicos e automatizados

Sorotipagem para classificação etiológica

Pesquisa de toxina do Clostridium difficile

Antibiograma

  1. Diarreias Virais

Métodos Imunológicos

Diagnostico molecular

 

  1. Outros Exames Complementares

 

Pesquisa de elementos anormais nas fezes (leucócitos/sangue)

Hemograma

Sorologia HIV/Contagem de CD4

 

Resultado recurso inscrições:

Código candidato:

Resultado:

DO1922

Deferido

ME1920

Indeferido

 

Cronograma referente à Etapa 2 – Prova de conhecimento da seleção de Mestrado segundo o item 3.1.2.2 do edital.

Data

Horário

Local e instruções

20/11

9:00 às 12:00

Candidatos ao Mestrado: Sala da Pós-Graduação em Medicina Tropical – Hospital das Clínicas – Bloco A.

 

É necessário documento de identificação (RG e Código)

 

Cronograma referente à Etapa 2 - Avaliação, Apresentação e Defesa do Projeto de Pesquisa da seleção de Doutorado segundo o item 3.2.2.3 do edital.

Código candidato

Data

Horário

Local e instruções

DO1909

20/11

9:00

Candidatos ao Doutorado: Sala do Departamento de Medicina Tropical – Hospital das Clínicas – Bloco A.

 

É importante que o candidato compareça com antecedência para inserir sua apresentação na mídia do PPGMedTrop e checar qualquer alteração quanto a formatação de sua apresentação.

 

É necessário documento de identificação (RG e Código)

DO1917

20/11

9:30

DO1927

20/11

10:00

DO1977

20/11

10:30

DO1981

20/11

11:00

DO1988

21/11

9:00

DO1956

21/11

9:30

DO1922

21/11

10:00

 

 

RESULTADO PROVA-INGLÊS

ME1904

10,0

ME1912

9,9

ME1916

9,2

ME1918

8,3

ME1920

5,8

ME1921

FALTA

ME1924

8,5

ME1926

8,3

ME1928

FALTA

ME1929

8,1

ME1935

9,0

ME1941

7,6

ME1957

9,0

ME1989

7,0

DO1917

8,9

DO1922

7,1

DO1956

8,9

DO1981

7,7

 

 

 

 

 

 

No. de Inscrição

Resultado da homologação das inscrições para a 35ª Turma de Mestrado e 20ª Turma de Doutorado do PPG em Medicina Tropical do CCS/UFPE

ME1926

Homologado

ME1945

Homologado

ME1957

Homologado

ME1928

Homologado

ME1918

Homologado

ME1978

Homologado

ME1951

Homologado

ME1924

Homologado

ME1929

Homologado

ME1941

Homologado

ME1938

Homologado

ME1921

Homologado

ME1935

Homologado

ME1904

Homologado

ME1916

Homologado

ME1912

Homologado

ME1956

Homologado

ME1989

Homologado

ME1980

Não homologado – falta de documentação e pré-projeto, segundo os itens do edital:

2.1 (e, g, h, i) /2.1.1 / 2.2 (a, c)

ME1920

Não homologado – falta de documentação e pré-projeto, segundo os itens do edital: 2.1 (c)/ 2.2 (a),

DO1909

Homologado

DO1917

Homologado

DO1927

Homologado

DO1977

Homologado

DO1981

Homologado

DO1988

Homologado

DO1956

Homologado

DO1922

Não homologado – exigência do item 1.1 do edital

Prazo Recursal para etapa das inscrições terá um intervalo de 3 dias úteis:

07 a 09/11/2018 - 09:00 às 12:00 e 13:00 às 17:00hs

Os candidatos não homologados que pretendem solicitar recurso e inscritos na prova de inglês devem seguir com o processo seletivo, realizando a prova na data e hora divulgada em edital.

 

 

LINHAS DE PESQUISA

A Pós-Graduação em Medicina Tropical foi criada em 1973 oferecendo curso de Pós-graduação em Nível de Mestrado para médicos. No ano de 2000 passou a oferecer cursos em nível de Mestrado e Doutorado e tornou-se multidisciplinar, ampliando sua proposta para outros profissionais que pesquisam e trabalham com Doenças Infecciosas tais como Farmacêuticos e Bioquímicos, Biólogos e Biomédicos. No momento, o Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical da UFPE é constituído atualmente por 15 professores/pesquisadores (13 permanentes e 02 colaboradores).

Centro de Ciências da Saúde
Departamento de Medicina Tropical

Hospital das Clínicas - Bl. A - Térreo do HC/UFPE Av. Prof. Moraes Rego - s/n. 50670-901 - Cidade Universitária, Recife-PE

(81) 2126 8527
Profª. Dra. Maria Amélia Vieira Maciel
Coordenadora
Profa. Dra. Valdênia Maria Oliveira de Souza
Vice-Coordenadora
Walter Galdino
Secretário