Laboratórios de Pesquisa Laboratórios de Pesquisa

A área destinada a PPG-Fisioterapia compreende  1.138m2, destinada exclusivamente ao PPG-FT, o espaço está dividido da seguinte forma: três salas de aula, sendo duas medindo (36m2) e uma medindo (54,50m2), uma sala de estudo/informática (31,80m2), uma sala para coordenação (11,35m2), uma secretaria (22,30m2), um anfiteatro (74,80m2), um elevador, copa (6,30m2), banheiros (35m2) e 16 salas de docentes. A área administrativa está devidamente instalada e conta com dois funcionários Técnicos Administrativos, com carga horária de 40 horas semanais. 
 
Com a ampliação e revitalização de alguns espaços físicos, o Departamento de Fisioterapia dispõe atualmente de 11 laboratórios que estão à disposição da Pós-graduação, sendo quatro localizado no primeiro piso (Laboratório de Fisioterapia Cardiorrespiratória, Laboratório de Cinesiologia e Avaliação Funcional, Laboratório de Recursos Terapêuticos Manuais, Laboratório de Eletrotermofototerapia) e sete no segundo piso (Laboratório Multifuncional de Análises Integradas, Laboratório de Aprendizagem e Controle Motor, Laboratório de Fisioterapia e Saúde Coletiva, Laboratório de Estudos em Pediatria, Laboratório de Fisioterapia da Saúde da Mulher e Assoalho pélvico, Laboratório Multiusuário de Inovação Instrumental e Desempenho Físico, Laboratório de Neurociências Aplicada). Além disso, outros quatro Laboratórios também são utilizados por alguns docentes e discentes, a saber: o Laboratório de Plasticidade Neuromuscular situado no Departamento de Anatomia, da UFPE, o Laboratório de Imunopatologia Kaizo Asami (LIKA) - UFPE, e o Laboratório Multiusuário de Estudos em Exercício Físico e Plasticidade Fenotípica, situado no Centro Acadêmico de Vitória (Campus Avançado de Vitória de Santo Antão).
 
Ainda neste contexto, o espaço físico da Clínica Escola do Departamento de Fisioterapia da UFPE, inaugurada em 2013, foi estabelecido como mais um local de práticas intervencionistas. A infraestrutura da clínica permite o desenvolvimento de atividades de ensino, extensão e pesquisas clínicas na área de fisioterapia, com atendimento à pacientes e aulas práticas para alunos da graduação e pós-graduação. Estas atividades têm permitido o desenvolvimento de mais projetos com objetivos clínicos.
 
A cada ano os docentes do Programa concentram esforços no sentido de submeter projetos aos editais dos órgãos de fomento, visando à captação de recursos para aprimoramento da infraestrutura dos laboratórios. Assim, os laboratórios são equipados e mantidos com verbas oriundas de projetos de pesquisas submetidos aos editais junto aos órgãos de fomento (CNPq e FACEPE), bem como recursos da CAPES destinados ao PPG-Ft. Além da infraestrutura básica (móveis e computadores) cada laboratório possui equipamentos e instrumentos próprios ao desenvolvimento de trabalhos de cada área específica.
 
Abaixo serão listados apenas os laboratórios que desenvolvem projetos vinculados ao PPG-FT:
 
  • Laboratório de Fisioterapia Cardiopulmonar (LACAP)

Docente responsável: Profa. Dra. Armèle Dornelas de Andrade 

Este Laboratório faz parte de um Projeto Multiusuário e recebe alunos de Pós-doutorado, doutorado de outros Programas, além dos alunos de mestrado no PPG-FT e alunos de IC. Está equipado com um sistema de Pletismografia Optico-Eletrônica, um sistema de ergoespirometria com telemetria, aparelho de ultrassonografia de imagem, tomógrafo de impedância elétrica que vem permitindo o desenvolvimento de trabalhos com metodologia inovadora e cientificamente avançada, e o recentemente adquirido EndoPat® o qual permite avaliação da disfunção endotelial tanto em indivíduos saudáveis quanto em pacientes de diversas patologias. Além destes equipamentos de grande porte, este laboratório ainda dispõe de espirômetros, manovacuômetros, dinamômetro entre outros. Os equipamentos e a infraestrutura desta laboratório permite a realização de pesquisas diretamente relacionadas com quatro docentes permanentes desta PPG nos quais são beneficiados para o desenvolvimento de pesquisas nas seguintes linhas: Fisioterapia cardiorrespiratória: desempenho físico funcional e qualidade de vida ; Desempenho físico-funcional e qualidade de vida em indivíduos submetidos a reabilitação cardiometabólica ; Desempenho físico e funcional e qualidade de vida de idosos e de pacientes com doenças pulmonares e renais relacionadas ao sistema cardiorrespiratório; Avaliação pneumofuncional: eletromiografia, pletismografia óptico-eletrônica, ultra-som, ergoespirometria, tomografia de impedância elétrica e cintilografia pulmonar; Avaliação e Intervenção no complexo toracoabdominal em pacientes no período pós-operatório; Avaliação e intervenção das disfunções dos músculos respiratórios nas patologias renais e respiratórias crônicas; Fisioterapia em ambiente hospitalar e terapia intensiva.  O laboratório tem a participação de três pesquisadoras docentes, vinculadas ao programa de pós-graduação de Fisioterapia, 2 alunos de pós-doutorado, 5 doutorandos, 08 mestrandos e alunos de iniciação científica.
 
  • Laboratório de Cinesiologia e Avaliação Funcional (LACAF)
Docente responsável: Prof. Dr. Alberto Galvão
 
Neste Laboratório são desenvolvidos projetos cujo objetivo é avaliar os distúrbios na coativação muscular em indivíduos após acidente encefálico.  Para tal o laboratório dispõe de um Dinamômetro Isocinético e um Biodex Balance System que permitirá o desenvolvimento de pesquisas envolvendo análise de força muscular e equilíbrio com maior precisão e acurácia. O laboratório é composto por três docentes, sendo um deles colaborador desta PPG e duas docentes vinculadas à graduação de Fisioterapia da Universidade Federal de Pernambuco. Entretanto, outros docentes vinculados a PPG-FT desenvolvem parceria com este laboratório e realizam pesquisas vinculadas a diversas linhas de pesquisa, entre elas estão: Avaliação e intervenção fisioterapêutica em indivíduos saudáveis e com disfunções sensoriais, musculoesqueléticas e posturais; Identificação de alterações osteomioarticulares e suas repercussões em pacientes com lesões nervosas periféricas, doenças cerebrovasculares, cefaleia e dor; Estudo da aplicação de estimulações cerebrais não-invasivas no desempenho motor de indivíduos saudáveis e na reabilitação motora de pacientes neurológicos; Avaliação neurofisiológica e comportamental de pacientes neurológicos. Estudo do funcionamento do sistema nervoso Central.
 
  • Laboratório de Neurociência Aplicada (LANA)
Docente responsável: Profa. Dra. Kátia Karina do Monte Silva
 
Este Laboratório desenvolve trabalhos sobre modulação da atividade cortical do sistema nervoso central buscando aumentar a compreensão dos mecanismos envolvidos no efeito neuromodulador induzido pela estimulação cortical após lesão cerebral bem como seu possível efeito neuroprotetor observados nos ensaios clínicos. Em adição, são observadas as respostas comportamentais, consequentes à isquemia e à estimulação. Entre os principais equipamentos presentes neste laboratório podemos citar inicialmente aqueles relacionados à linha de pesquisa “ Avaliação neurofisiológica e comportamental de pacientes neurológicos. Estudo do funcionamento do sistema nervoso Central”: Estimulador Bistim-Magstim, Estimulador Neuro MS-Neurosoft, Neuro spectrum-Neurosoft (eletroencelografia), Biodex balance system (plataforma para avaliação de equilíbrio). Os principais equipamentos relacionados com a linha “Estudo da aplicação de estimulações cerebrais não-invasivas no desempenho motor de indivíduos saudáveis e na reabilitação motora de pacientes neurológicos” são: Estimulador Neuroconn-DC stimulator e o Biodex Gait Training (esteira com suporte parcial de peso). O equipamento estimulador Rapid-Magstim e o estimulador super rapid-Magstin são comuns às pesquisas das duas linhas. Participam deste laboratório uma pesquisadora docente, vinculadas ao programa de pós-graduação de Fisioterapia, em média, 4 alunos de Iniciação Científica, 5 alunos de mestrado e 4 alunos de doutorado de outros PPGs.
 
 
  • Laboratório de Aprendizagem e Controle Motor (LACOM)
Docente responsável: Profa. Dra. Daniella Araújo de Oliveira 
 
Neste Laboratório são desenvolvidas pesquisas relacionadas ao desempenho neuromusculoesquelético. Os estudos desenvolvidos versam principalmente sobre cefaleia, dor, lesão medular, alterações posturais com análise dos músculos estabilizadores, utilizando métodos de avaliação efetivos e não invasivos. Para isso o Laboratório dispõe dos seguintes equipamentos: Ultrassom Aloka 500 (aparelho de imagem), CROM (Cervical Range of Montion), Algomed (algômetro computadorizado), Algômetro de pressão (Wagner Instruments®), eletromiógrafo de superfície, plataforma de equilíbrio e equipamentos de registro de imagem e softwares para análise fotogramétrica. Estes equipamentos fazem parte das seguintes linhas de pesquisa: Aspectos clínicos e funcionais nas lesões de nervos periféricos, doenças cerebrovasculares, cefaleia e dor; Avaliação fisioterapêutica de indivíduos com disfunções sensoriais, musculoesqueléticas e posturais: epidemiologia, fatores de risco, funcionalidade, qualidade de vida, acurácia e confiabilidade das mensurações; Avaliação e intervenção fisioterapêutica em disfunções osteomioarticulares de origem reumatológica; Avaliação e intervenção fisioterapêutica em indivíduos saudáveis e com disfunções sensoriais, musculoesqueléticas e posturais; Identificação de alterações osteomioarticulares e suas repercussões em pacientes com lesões nervosas periféricas, doenças cerebrovasculares, cefaleia e dor. O laboratório é composto por três pesquisadoras docentes, vinculadas ao programa de pós-graduação de Fisioterapia e uma pesquisadora docente vinculada à graduação de Fisioterapia da Universidade Federal de Pernambuco. Participam, em média, 8 alunos de Iniciação Científica, 8 alunos de mestrado e 2 alunos de doutorado de outros PPGs.
 
  • Laboratório de Estudos em Pediatria (LEPED)
Docente responsável: Profa. Dra. Karla Mônica Ferraz Teixeira Lambertz 
 
Neste Laboratório os estudos focam na avaliação do desenvolvimento infantil, nos aspectos funcionais e estruturais. São realizados estudos de intervenção Fisioterapêutica e a população de interesse compreende os neonatos, lactentes, crianças em idade pré-escolar e escolar e adolescentes. O Laboratório conta com um espaço físico de 69m2, divididos em: sala de estudo; depósito de material, sala de avaliação comportamental anexada a uma sala de observação (com espelho- espião), sala de Avaliação Biomecânica e Postural, sala de Intervenção. O laboratório dispõe dos seguintes equipamentos: Ergômetro de tornozelo, para análise de propriedades contráteis e elásticas do músculo esquelético (tríceps sural) (Bio2M), 2 Eletromiógrafos (EMG System e Gauss), Plataforma de Força (EMG System), Manuvacuômetro, Videogames Nintendo Wii e X-Box, 2 TVs, Câmara Fotográfica e tripé, Kit de Avaliação da BSID (Bayley Scales Infant Development), Tatame, Equipamentos para estimulação (bolas, balanço, standarte, bandagens, etc). Estes equipamentos estão vinculados às seguintes linhas de pesquisa: Desenvolvimento motor, equilíbrio postural em lactentes, crianças e adolescentes: avaliação das repercussões de intervenções terapêuticas e Desenvolvimento motor, equilíbrio postural e propriedades mecânicas do músculo esquelético em lactentes, crianças e adolescentes: caracterização e validação de repercussões de fatores de risco. O laboratório é composto por uma pesquisadora docente, vinculadas ao programa de pós-graduação de Fisioterapia e uma pesquisadora docente vinculada à graduação de Fisioterapia da Universidade Federal de Pernambuco. Participam em média 3 alunos de mestrado, 4 alunos de iniciação científica e 1 doutorando de outros PPGs.
 
  • Laboratório de Fisioterapia da Saúde da Mulher e Assoalho pélvico (LAFISMA)
Docente responsável: Profa. Dra. Andrea Lemos Bezerra de Oliveira
 
O laboratório da Saúde da Mulher desenvolve projetos relacionados à área de Fisioterapia Urológica, Ginecológica e Obstétrica. Apresenta linhas de pesquisa na avaliação e tratamento fisioterapêutico do câncer de mama, incontinências urinárias, prolapsos genitais e dor lombopélvica relacionada com a gestação. Este laboratório vem desenvolvendo pesquisas em validação e desenvolvimento de questionários de avaliação de saúde na área de obstetrícia e apresenta também uma área de investigação da musculatura do assoalho pélvico através de uma análise eletromiográfica e ultrassonográfica. Ademais, desenvolve projetos nas salas de parto em parceria com o Hospital das Clínicas de Pernambuco, Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira e Maternidade Bandeira Filho de Pernambuco. O laboratório é composto por duas pesquisadoras docentes, vinculadas ao programa de pós-graduação (nível mestrado) de Fisioterapia e uma pesquisadora docente vinculada à graduação de Fisioterapia da Universidade Federal de Pernambuco. Participam deste laboratório, em média, 4 alunos de iniciação científica, 4 mestrandos e 5 doutorandos. O laboratório dispõe de uma infraestrutura com três salas individuais para o desenvolvimento das coletas de dados e apresenta os seguintes equipamentos: 5 DUALPEX 961, 3 DUALPEX 961 URO, 2 Biofeedback pressórico- (Neurodyn Evolution), 2 PERINAS, 1 Biofeedback eletromiográfico – (INFINITI- MYOTRAC 3 - Thought Technology), 1 Eletromiográfo de superfície de 4 canais (Miotec®, modelo Miotool 400), 1 Manovacuômetro (G-MED; modelo: MVD 300), 1 Paquímetro digital (STARRET®, 779).  Estes equipamentos estão vinculados às seguintes linhas de pesquisa: Aspectos funcionais e fisiológicos na gestação e puerpério; Atuação, avaliação fisioterapêutica e desenvolvimento de questionário de estado de saúde no período gestacional, no pós-parto e nos distúrbios do assoalho pélvico, Aspectos funcionais e fisiológicos na gestação e puerpério e a linha Inovação tecnológica na saúde.
 
  • Laboratório de Recursos Terapêuticos Manuais (LACIRTEM)
Docente responsável: Profa. Dra. Maria das Graças Rodrigues de Araújo
 
Este laboratório apoia o desenvolvimento das pesquisas realizadas no PPG-FT, contemplando estudos focados no Desempenho físico-funcional e qualidade de vida dos idosos e de indivíduos com distúrbios osteomusculares. Além disso, avalia os efeitos dos recursos terapêuticos e manuais na capacidade funcional, motora e postura de idosos. Para isso o Laboratório dispõe de Plataforma vibratória (Kikkos); Esteira baropodométrica (Kinetec); Dinamômetro manual analógico e digital; Eletromiógrafo de superfície (6 canais) da EMGSystem; Espirômetro; Manovacuômetro; Ciclo ergômetro para membros superiores e inferiores; Wii Habilitation, Montagem fixa para a utilização do SAPO (software de avaliação postural).Recentemente adquirido o Doppler portátil, aumentando as possibilidades para futuras publicações. Estes equipamentos dão suporte para as linhas “Repercussões da terapia manual na funcionalidade, qualidade de vida e percepção de melhora em indivíduos com distúrbios osteomioarticulares” e “Assistência fisioterapêutica convencional versus assistência fisioterapêutica baseada em problemas em pacientes com Doença de Parkinson, Osteoporose e Diabetes Mellitus: impacto nos desfechos osteomusculares, cardiorrespiratórios e funcionais”. Participam desse laboratório uma pesquisadora docente, vinculadas ao programa de pós-graduação de Fisioterapia e uma pesquisadora docente vinculada à graduação de Fisioterapia da Universidade Federal de Pernambuco. Participam em média 2 alunos de mestrado, 4 alunos de iniciação científica.
 
  • Laboratório Multiusuário de desempenho físico-funcional (LINDEF)
Docente responsável: Profa. Dra. Shirley Lima Campos
 
Neste laboratório são realizados testes de desempenho físico, metabólicos e de funcionalidade, aliados a uma parceria com docentes de diversos cursos da engenharia, como Engenharia Biomédica e Sistema da Informação. Destaca-se neste laboratório o caráter da inovação tecnológica, como o desenvolvimento de equipamentos e patentes voltados para avaliação respiratória ligados à linha “Bioengenharia e inovação tecnológica”. Este laboratório exerce uma relação estreita com o LACAP, anteriormente mencionado. Participam deste laboratório duas pesquisadoras docentes, vinculadas ao programa de pós-graduação em Fisioterapia, em média 5 alunos de mestrado e 8 alunos de iniciação científica.
 
  • Laboratório de Plasticidade Neuromuscular
Docente responsável: Profa. Dra. Sílvia Regina Arruda de Moraes
 
Neste Laboratório são realizados projetos experimentais com objetivo de estudar as repercussões do uso de recursos fisioterapêuticos instrumentais associados ou não a terapia com células da medula óssea na regeneração dos tecidos nervosos periféricos e musculares em modelos animais. Também avaliar o efeito de diferentes modalidades de exercício físico sobre a evolução do diabetes mellitus nos sistemas osteomioarticular e nervoso periférico. O Laboratório dispõe de um biotério de experimentação climatizado com ciclo de luz invertido, além de sala para treinamento com atividade física com um tanque climatizado para natação (capacidade para treinamento aquático simultâneo de 6 ratos), esteira ergométrica (capacidade para 08 ratos, software-AVS projetos), medidor de pH de bancada (Asko produtos) e um micrótomo (para realização de cortes histológicos). Além disso, o Laboratório conta com a parceria do Centro de Pesquisa Aggeu Magalhães/Fiocruz, Laboratório de Microscopia do Centro de Tecnologias e Estratégias do Nordeste – CETENE e do Laboratório de Imunopatologia Keizo Asami – LIKA, todos localizados no campus da UFPE. O laboratório é composto por uma pesquisadora docente, vinculadas ao programa de pós-graduação de Fisioterapia e uma média de 3 mestrandos, 5 doutorandos e 8 alunos de iniciação científica. As linhas de pesquisa beneficiadas por esta infraestrutura são: “Avaliação dos parâmetros musculares e funcionais de indivíduos diabéticos” e “Repercussões do Diabetes mellitus sobre as estruturas e funções do aparelho locomotor e o efeito do treinamento físico para reverter essas alterações”.
 
  • Laboratório Multiusuário de Estudos em Exercício Físico e Plasticidade Fenotípica
Docente responsável: Profa. Dra. Ana Elisa Toscano Menezes da Silva Castro
 
Neste Laboratório são realizados projetos experimentais com objetivo de estudar as repercussões das agressões pré e peri natais sobre o desenvolvimento muscular, além de outros fenômenos relacionados à plasticidade fenotípica. O Laboratório dispõe de um biotério de experimentação climatizado com ciclo de luz invertido, além de material para análise imunohistoquimica, morfometria muscular e expressão gênica de proteínas. Estes laboratórios têm em sua estrutura: sala de preparo de meio e de reagentes, salas para inoculação e realização de análises, e ambientes de lavagem e esterilização de materiais, estufas bacteriológicas, incubadoras, oxímetros, espectrofotômetro, liofilizador, destilador de água, capela de exaustão de gases, centrífuga refrigerada, cabine de fluxo laminar, microscópios ópticos com câmera de captura, fotodocumentador e sistema completo para ensaios de western blotting Bioard,  fermentadores, leitores de microplacas/ELISA, banho termostatizado e contador de colônias digital. O laboratório é composto por uma pesquisadora docente, vinculadas ao programa de pós-graduação de Fisioterapia, 2 alunos de mestrado e 3 alunos de iniciação científica. As linhas de pesquisa beneficiadas por este laboratório são: “Atividade Física, nutrição e plasticidade fenotípica: estudo do metabolismo muscular em animais”; “ Desnutrição protéica e inibição da recaptação da serotonina neonatais: estudo das possíveis alterações fenotípicas no comportamento alimentar e no gasto energético em ratos adultos”; “Modelos experimentais de paralisia cerebral e microcefalia: implicações do sistema serotoninérgico sobre o sistema motor”.
 
  • Laboratório Multifuncional de Análises Integradas (LAMAI)

 

  • Laboratório de Fisioterapia e Saúde Coletiva (LAFISC)