Voltar

Estudo derruba hipótese da psicologia evolutiva sobre a mente humana

Pesquisa foi coordenada pelo professor Ulysses Paulino de Albuquerque, do Departamento de Botânica

Resultado da dissertação de mestrado do biólogo Joelson Moreno Moura, o artigo “The influence of the evolutionary past on the mind: an analysis of the preference for landscapes in the human species” foi publicado na revista Frontiers in Psychology este mês. A pesquisa foi coordenada pelo professor Ulysses Paulino de Albuquerque, do Departamento de Botânica da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), no Programa de Pós-Graduação em Etnobiologia e Conservação da Natureza, programa em rede que envolve a UFPE e as Universidades Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), Regional do Cariri (Urca) e Estadual da Paraíba (UEPB).

“Os pesquisadores testaram uma hipótese muito popular que defendia que a mente humana foi fortemente influenciada, durante sua evolução, pelo ambiente em que evoluíram os primeiros hominídeos, no caso as savanas africanas”, explica o professor, que também é orientador do doutorado, em andamento, do estudante. Também assinam o artigo, como coautores, os coorientadores Taline Cristina da Silva, da Universidade Estadual de Alagoas (Uneal), e Washington Soares Ferreira Júnior, da Universidade de Pernambuco (UPE). O trabalho foi ainda premiado no II Encontro Brasileiro sobre Evolução e Comportamento Humano, ocorrido em março em Natal (RN).

“A savana foi tão importante para a sobrevivência dos hominídeos que influenciou o desenvolvimento de sua mente, de tal modo que alguns psicólogos evolutivos argumentam que ainda hoje o ser humano possui uma preferência universal por ambientes de savana”, explica Moura. “Alguns estudos mostraram que a paisagem do ambiente em que crescemos e nos desenvolvemos pode exercer influência sobre a herdada preferência por paisagem de savana”, afirma. “É preciso que os psicólogos evolutivos tenham certa precaução antes de fazer generalizações, pois as diferentes trajetórias evolutivas que os humanos percorreram podem modificar preferências herdadas”, conclui.

Mais informações
Professor Ulysses Albuquerque

upa677@hotmail.com

Data da última modificação: 20/12/2018, 12:55