Geração Automática de Ficha Catalográfica Geração Automática de Ficha Catalográfica

A ficha catalográfica será gerada automaticamente em formato PDF, após o preenchimento dos campos disponíveis no formulário eletrônico, e poderá ser impressa ou salva. Em seguida, o arquivo salvo em PDF deverá ser enviado à biblioteca setorial de seu Centro Acadêmico.

 

Faça sua Ficha Catalográfica – Aqui! 


A ficha catalográfica é parte integrante das produções acadêmicas e deve ser inserida no verso da folha de rosto de cada trabalho, utilizando a formatação exigida pelas normas do Código Anglo Americano de Catalogação(AACR2). Deve ser representada,  em retângulo com dimensões de 12,5 cm x 7,5 cm. 

 

Instruções para preenchimento do formulário:


Centro Acadêmico: Centro acadêmico que o aluno está vinculado.

Natureza do trabalho: Tipo de trabalho produzido e grau obtido. Selecione Tese quando for concluído o doutorado / Dissertação quando for concluído o mestrado / Monografia quando for concluída a graduação.

Autor(a): Responsável direto pela pesquisa e produção do trabalho.

Nome Autor: Digite seu primeiro nome e nomes/sobrenomes intermediários (se for o caso).                            Sobrenome: digite seu último sobrenome. Em caso de parentesco, este deve ser inserido após o último sobrenome.

Nome do orientador(a) / coorientador(a):
Nome: Digite o primeiro nome e nomes/sobrenomes intermediários (se for o caso).
Sobrenome: digite seu último sobrenome. Em caso de parentesco, este deve ser inserido após o último sobrenome.

Título do trabalho: Se houver um subtítulo, coloque-o após o título, separado pelo sinal de dois pontos. Utilize letras maiúsculas somente para início do título ou quando se tratar de nome próprio.

Código Cutter: Utilize o link (Ver tabela) ao lado do campo para lhe auxiliar na geração do código.

Ano da publicação: Registre o ano em que o seu trabalho foi defendido na graduação ou programa de pós-graduação.

Número de folhas: Registre o total de folhas do seu trabalho (sem contar a capa).

Área de conhecimento: Selecione o código CDD da área de conhecimento que melhor se adegue ao conteúdo do trabalho.

Assuntos: Registre palavras ou expressões que representam o conteúdo de seu trabalho. Devem aparecer em ordem decrescente de importância. Evite termos redundantes ou repetitivos. É obrigatório registrar um assunto, os demais devem ser registrados em função da necessidade e amplitude de temas do conteúdo da tese ou dissertação. Recomenda-se para preenchimento das palavras-chaves, a consulta aos termos de assuntos disponíveis no vocabulário controlado do SIBi/USP.

 

Importante! Os dados fornecidos são de responsabilidade autor(a).

Esse sistema foi desenvolvido a partir do código fonte, gentilmente cedido pela equipe informática da Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo(USP), com o apoio Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI/UFPE).

 

Instruções para Bibliotecários:


As instruções a seguir devem ser observadas pelo bibliotecário da biblioteca setorial responsável pelo apoio ao serviço de catalogação na fonte.

Ao receber o e-mail dos alunos com a ficha catalográfica anexada, faça uma revisão de seu conteúdo para verificar se os elementos pré-textuais estão normatizados.

Para editar a ficha catalográfica recebida do aluno, utilize o aplicativo PDFCandy que converte arquivo PDF para Word.

Utilize as tabelas da CDD 24. ed. para detalhar o código de assunto.

O número sequencial de controle de produção da biblioteca deve ser registrado na última linha da ficha catalográfica.

Inclua uma nova linha acima do quadro da ficha catalográfica, com a sua identificação profissional (nome completo do bibliotecário e número do CRB).

Ao final da revisão, exporte o arquivo Word para PDF novamente e o envie para o aluno anexar ao seu trabalho.