Navegação Navegação

Voltar

Acontece amanhã (13) o lançamento do CD “Frevos para Trombone e Piano” do Duo Frevando

O duo é formado pela pianista Maria Aida Barroso e o pelo trombonista Nilsinho Amarante

Será realizado amanhã (13), no Paço do Frevo, o lançamento do CD “Frevos para trombone e piano”, do Duo Frevando. O duo é composto pela pianista Maria Aida Barroso, professora do Departamento de Música da UFPE, e pelo trombonista Nilsinho Amarante, licenciado em Música pela UFPE. O CD foi gravado com incentivo Funcultura e sua realização contou com o apoio do Departamento de Música da UFPE e do Laboratório de Educação Musical Especial e Inclusiva (Lemei). O lançamento vai acontecer às 17h e a entrada é franca.

O Duo Frevando surgiu em 2014 no contexto dos trabalhos da Orquestra Experimental de Frevo. Sua proposta é ampliar os horizontes artísticos do frevo, levando-o para a sala de concerto em formato de câmara: trombone solista com acompanhamento de piano. Desde sua formação o Duo vem realizando intensa pesquisa na área da performance, com enfoque especial no frevo em suas dimensões artística e pedagógica. Tal iniciativa contribui para a divulgação do frevo e para a prática e desenvolvimento técnico e performático dos instrumentistas. A proposta evidencia um repertório que representa uma nova variante que é de extrema importância para a história e divulgação do frevo, com linguagem idiomática ao trombone e ao piano, possibilitando ao primeiro o desempenho de papel solista de caráter virtuosístico.

Segundo a pianista Maria Aida Barroso “o trabalho do Duo oportuniza a promoção, proteção, aperfeiçoamento e transmissão do frevo como bem cultural do Brasil e patrimônio imaterial da humanidade, buscando o resgate de suas tradições interpretativas e trazendo à tona a discussão sobre o papel da cultura popular na formação de uma identidade musical brasileira, pernambucana”. Ainda de acordo com ela, o trabalho do Duo busca “o entendimento sobre de que forma o diálogo do frevo com a música de concerto pode contribuir para a compreensão e preservação dos gêneros populares, provocando ainda o pensamento reflexivo a respeito de seu papel para a pedagogia do instrumento e a prática da música de câmara”.

Mais informações
Professora Maria Ainda Barroso
maidabarroso@gmail.com

Data da última modificação: 12/12/2019, 14:47