O Programa O Programa

No ano 1952 foram criados os cursos de graduação em Matemática, organizados no Instituto de Matemática. Nesta época chegaram ao Recife professores portugueses a convite, principalmente do Prof. Luiz Freire, tangidos pela ditadudara salazarista. Com o passar do tempo, alunos  formados nos cursos de graduação, tanto de Matemática quanto de Engenharia, prosseguiram seus estudos realizando cursos de mestrado e doutorado. A meados da década de 1960 esses alunos, após a conclusão de seus doutorados, foram retornando ao Departamento de Matemática melhorando cada vez mais a qualidade do ensino no mesmo. Como consequência do fortalecimento do ensino da matemática, organizado, e em Departamento próprio, e, constantemente realimentado pelo ingresso de bons professores, cresceu muito o interesse pela pesquisa científica, culminando com com a criação em 1968, do curso de Mestrado em Matemática. O curso de Doutorado em Matemática foi criado em 1986 como consequência da continuidade do crescimento da qualificação do corpo docente do Departamento.

Os Programas de Mestrado e Doutorado têm se matidos como programas de excelente qualidade formando continuamente mestres e doutores para atuarem no ensino e a pesquisa. Ambos programas têm grande importância nas regiões Norte e Nordeste, tendo atraído muitos estudantes dessas regiões, incrementando melhoria no nível do ensino universitário.

A produção científica do DMat tem sido muito boa. No período 1953 até nossos dias os docentes do Programa publicaram mais de quinhentos artigos em periódicos e mais de cinqüenta livros. Esta é, para os padrões da área, uma produção que coloca o DMat entre os melhores Departamentos de Matemática do País. Por fim, cumpre ressaltar a posição relativa do Programa de Pós-Graduação do DMat na comunidade, destacando a nota 5 dada pela CAPES na Avaliação Quadrienal 2013-2016. As pesquisas desenvolvidas no DMat apresentam salutar diversidade com grupos de pesquisa em Álgebra, Análise, Geometria, Topologia Diferencial, e Combinatória. Esta oferece aos alunos de pós-graduação e de iniciação científica facilidade na escolha de temas do seu interesse ou afinidade.

O Departamento de Matemática possui dois laboratórios de computação: o Laboratório de Graduação, utilizado por alunos de graduação e de iniciação cientifica para suporte as suas atividades de pesquisa, e o Laboratório de Pós-graduação, utilizado por docentes e alunos da pós-graduação. Estes laboratórios são essenciais para o bom desenvolvimento das pesquisas desenvolvidas no DMat, uma vez que as pesquisas realizadas por quase todos os grupos dependem direta ou indiretamente de ferramentas computacionais. Há rede wi-fi disponível para todos estudades e professores. Na linha de prioridades de pesquisa, a opção adotada pelo DMat foi a de buscar excelência científica primordialmente em suas áreas de concentração atuais, a saber: Álgebra, Análise, Geometria e Topologia Diferencial, Mecânica Celeste e Sistemas Hamiltonianos, e Combinatória. As três primeiras fazem parte do leque mínimo de áreas de qualquer Departamento de Matemática de bom nível e a terceira com importância cada vez maior na sociedade moderna.