Navegação Navegação

Voltar

Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas promove defesa de dissertação

A apresentação será na segunda-feira (31), às 9h, no auditório térreo do prédio das Pós-Graduações do Centro de Ciências da Saúde da UFPE

O Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas (PPGCF) da UFPE promove a defesa da dissertação “Planejamento Estrutural, Síntese e Avaliação Farmacológica de Ftalmidas para o Tratamento da Inflamação”, da aluna Dayane Albuquerque Oliveira e Silva, na segunda-feira (31), às 9h, no auditório térreo do prédio das Pós-Graduações do Centro de Ciências da Saúde da UFPE.

A mestranda da dissertação foi orientada pela professora Ana Cristina Lima Leite. Compõem a banca examinadora do trabalho os professores Maria do Carmo Alves de Lima e Paulo André Teixeira de Moraes Gomes, além da orientadora.

Resumo

O processo inflamatório acontece naturalmente como resposta da imunidade inata a eventos internos e externos, promovendo a ocorrência de sinais clássicos como edema, calor, rubor, dor e perda da função. Este processo envolve diversos mediadores químicos e biológicos como NO e TNF-a. Quando a resposta inflamatória dura muito tempo, caracteriza-se como inflamação crônica e pode ter como consequência, ou pode acentuar doenças graves como cânceres, asma etc. Muitos medicamentos são comercializados e administrados para o tratamento destes distúrbios inflamatórios, porém, os efeitos colaterais que estas drogas causam trazem a necessidade de novos fármacos mais seletivos e menos tóxicos para o tratamento destas enfermidades. Os derivados da Talidomida, as ftalimidas, já apresentam na literatura grande atividade frente aos mediadores inflamatórios, principalmente ao TNF-a. Derivados ftalimídicos N-(arilaminometil)-ftalimidas e N-(tiazolaminometil)-ftalimida, foram sintetizados a partir de três etapas reacionais, utilizando-se dos métodos de fusão e refluxo, para que, por fim, N-hidroximetilftalimida fosse condensada com anilinas e um aminotiazol, obtendo-se assim os 15 compostos. Com as moléculas obtidas, características físico-químicas foram realizadas, ponto de fusão, rendimento e índice de retenção, e posteriormente as moléculas foram avaliadas estruturalmente através de técnicas de RMN de 1H e 13 C, IV, e EMAR. A atividade inibitória destes compostos foi estudada, invitro, frente ao óxido nítrico e TNF-a em macrófagos J774 estimulados com LPS e INF-¿. O composto DA-1.9 exibiu atividade inibitória significativa para NO e TNF-a, porém, não foi maior que o fármaco de referência dexametasona. Os demais compostos não apresentaram atividades significativas para os mediadores estudados neste trabalho.

Mais informações
Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas
(81) 2126.7515
adm.ppgcf@ufpe.br

Data da última modificação: 24/07/2017, 12:58