Voltar

Mamães da Unidade Neonatal do HC assistem a documentário “Tarja Branca”

A ação ocorreu no cantinho “Aprendendo a ser Mãe”, no 4° andar do hospital

Com o objetivo de promover a quebra na rotina hospitalar e oferecer um momento de descontração, a equipe da Unidade Neonatal do Hospital das Clínicas da UFPE, em parceria com o Serviço Social e a Psicologia, realizou o projeto Cine Mãe-HC, com as mamães internadas, que escolheram o documentário “Tarja Branca”, na manhã desta quarta-feira (20). O HC é unidade vinculada à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh).

A ação ocorreu no cantinho “Aprendendo a ser Mãe”, no 4° andar, integrando a programação da Semana da Prematuridade que está acontecendo na instituição. "Tarja Branca" foi o documentário que as mamães escolheram entre outras opções. O filme investiga as memórias infantis dos adultos e ajuda a refletir sobre a importância do brincar em diferentes fases da vida e os impactos dessa escolha na vida social.

De acordo com Marina Assunção, assistente social da Unidade Neonatal, tanto o trabalho do Serviço Social quanto da Psicologia é desenvolvido diretamente com as famílias e gira em torno do cuidado com elas. “Nós identificamos a necessidade de garantir outros espaços de cuidado para essas mulheres que estão aqui por um período prolongado, então, dentro da perspectiva de humanização, partiu a ideia do cinema. Por meio do recurso audiovisual, podemos promover algumas reflexões com as mamães, podemos incentivar que elas se cuidem e se fortaleçam, além de quebrar um pouco essa rotina hospitalar”, explicou ela.

A programação de hoje ainda contou com a reunião científica maternoinfantil “Prematuridade: prevenção e atuação da Obstetrícia e Neonatologia”, sendo ministrada pela médica neonatologista Lindacir Sampaio, e pela obstetra Aline Maranhão, na sala 7 do 3º andar.

A reunião abordou diversos aspectos como a forma que o HC está trabalhando no pré-natal para prevenir a prematuridade, a qualidade e as inovações do diagnóstico precoce dos problemas que podem levar à prematuridade, cenário atual, faixa de peso do bebê prematuro, entre outros.
 

Data da última modificação: 20/11/2019, 15:17