Voltar

UFPE aprova criação de Mestrado Profissional em Educação Básica na Capes

Curso visa à melhoria do ensino básico nas redes públicas de Pernambuco

A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) aprovou a criação de um novo mestrado profissional junto à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). O mestrado profissional em Educação Básica será oferecido pelo Centro de Educação (CE) e tem como objetivo a melhoria do ensino básico nas redes públicas do Estado de Pernambuco. O mestrado ainda deve ser submetido a trâmites internos à instituição para sua implantação na UFPE. O início das atividades da sua primeira turma está previsto para agosto.

A opção pela área de concentração Educação Básica visa a aliar a pesquisa acadêmica ao habitus professoral tendo em vista a superação de problemas da Educação Básica. Para tanto, o curso tem como foco o estudo dos problemas e desafios das práticas dos sistemas públicos de ensino e outros espaços educativos, bem como a produção de alternativas na resolução dos mesmos. “Nessa perspectiva, tem como objetivo geral a formação de profissionais no âmbito do conhecimento sobre a educação básica, mediante estudos de teorias, metodologias, processos e temáticas que atendam às demandas da educação atual, principalmente a pública e gratuita”, explica a coordenadora, Viviane de Bona.

O curso conta com um corpo docente formado por 16 professores com as linhas de pesquisa “Diversidade, inclusão e educação”, “Ensino, escola e linguagens” e “Gestão da educação básica”. A nova pós-graduação terá a duração mínima de 12 e máxima de 24 meses. Serão ofertadas 22 vagas.

 

 

Data da última modificação: 14/01/2020, 16:53