Voltar

Estudantes têm até 21 de novembro para responder ao questionário de cadastro do Enade

O aluno de um dos cursos convocados que não responder ao questionário ficará em situação irregular

Os estudantes da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) que vão participar do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) de 2018 têm até 21 de novembro para preencher o questionário de cadastro no site do Enade. O aluno que não responder ao questionário ficará em situação irregular junto ao Enade. Os locais de prova serão divulgados no dia 9 de novembro e o exame será aplicado no dia 25 de novembro.

O Enade é a principal avaliação da Educação de Ensino Superior do Brasil e os resultados permitem a classificação de qualidade dos cursos. Este ano, estudantes de 15 cursos da UFPE serão avaliados: Administração (Caruaru e Recife), Ciências Contábeis (presencial e EAD), Ciências Econômicas (Caruaru e Recife), Design (Caruaru e Recife), Direito, Jornalismo, Psicologia, Publicidade e Propaganda, Secretariado, Serviço Social e Turismo.

“Esses indicadores mensuram a qualidade dos cursos e das instituições do país, sendo utilizados tanto para o desenvolvimento de políticas públicas da educação superior quanto como fonte de consultas pela sociedade”, afirma a coordenadora de Avaliação dos Cursos de Graduação da Diretoria de Desenvolvimento do Ensino (DDE) da Pró-Reitoria para Assuntos Acadêmicos (Proacad), professora Nilcema Figueiredo.

A professora explica que o Enade deve ser entendido como o processo regulatório mais relevante direcionado aos cursos de graduação. Tal fato se deve a sua abrangência, pois a maioria dos cursos é participante do processo, e ao seu impacto, pois os aspectos avaliados na prova de conteúdos permitem a formulação de juízo de valor sobre a relação dos aspectos pedagógicos de cada curso e suas Diretrizes Curriculares Nacionais.

Além disso, ela informa que o questionário do aluno inclui a avaliação da organização didático-pedagógica; da infraestrutura e das instalações físicas; e das oportunidades de ampliação da formação acadêmica e profissional do curso. Esses fatores são fundamentais para o cálculo dos indicadores de qualidade da educação superior: Conceito Enade, Conceito Preliminar de Curso (CPC) e Índice Geral de Cursos (IGC).

 

Data da última modificação: 11/09/2018, 20:47