Voltar

Encontro enfoca pós-estruturalismo e reflexos do Maio de 1968 na contemporaneidade

Conferência com o professor François Dosse será em francês com tradução consecutiva

O Departamento de Antropologia e Museologia (DAM) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e o Observatório de Museus e Patrimônios Culturais (Observamus) realizam a I Jornada Intercultural Brasil-França nos próximos dias 20 e 21, no auditório do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH). A conferência de abertura, às 14h30, será realizada pelo professor François Dosse em francês com tradução consecutiva. Ele vai abordar autores como Derrida, Foucault, Deleuze, Guattari e Castoriadis.

O evento pretende promover o debate sobre o pós-estruturalismo e os reflexos do Maio de 1968 na contemporaneidade em diferentes campos do conhecimento – Antropologia, Filosofia, Literatura, História, Arte – no Brasil e na França. A jornada integra as comemorações da Semana da Francofonia, a abertura do semestre de aulas 2018.1 do DAM e os 20 anos do Observamus. Não haverá pré-inscrição. O auditório será aberto 30 minutos antes de cada palestra e estará sujeito a lotação. Serão emitidos certificados de participação.

No dia seguinte (21), às 9h, haverá o debate “Estruturalismo e pós-estruturalismo em diálogo com a Antropologia”, com a presença de Lia Zanota Machaco (UnB), Julie Cavignac (UFRN) e Antonio Motta (UFPE) e mediação de Nara Galvão (UFPE/IRB). À tarde, acontece a discussão “Literatura, filosofia, arte e história em interconexões com o pensamento francês contemporâneo”, com participação de Lourival Holanda, Alexandro de Jesus, Laure Garrabé e Oussama Naouar, todos da UFPE, e mediação de Tiago Menezes e Ana Cláudia Rodrigues.

Mais informações
Departamento de Antropologia e Museologia
dam@ufpe.br

 

 

Data da última modificação: 09/03/2018, 14:41