Voltar

Eliete Santiago é a homenageada da 2ª Sepec

A docente foi lembrada como formadora, pesquisadora, orientadora por seu rigor acadêmico e vida dedicada a uma educação transformadora

A 2ª Semana de Pesquisa, Ensino Extensão e Cultura (Sepec) encerrou sua programação na sexta-feira (23) com uma homenagem à professora Eliete Santiago, do Centro de Educação (CE). A cerimônia foi conduzida pela diretora de Desenvolvimento do Ensino (Proacad), Eleta Carvalho Freire, que, em seu discurso, representou as diversas vozes de alunos, orientandos e colegas da pesquisadora que também coordena a Cátedra Paulo Freire da UFPE. A homenagem ocorreu no Auditório Newton Maia do Centro de Tecnologia e Geociências (CTG). Eliete foi lembrada como formadora, pesquisadora, orientadora por seu rigor acadêmico e vida dedicada a uma educação transformadora.

Foto: Passarinho

Professora Eliete (à esq.) recebe homenagem das mãos de Eleta Freire

Após a cerimônia de homenagem, Eliete proferiu a conferência “50 anos da Pedagogia do Oprimido: Vozes da Formação”, em que lembrou como a pedagogia de Paulo Freire está comprometida com uma educação problematizadora e uma sociedade mais justa. Segundo a pesquisadora, especialista na Pedagogia de Paulo Freire, essa educação problematizadora inaugurada pelo mesmo “serve para diversas áreas do conhecimento e contextos sociais, não se fixando aos campos da escolarização e educação e na experiência da educação de adultos”.

Eliete explicou ainda que a contribuição política da pedagogia de Paulo Freire é que ela ensina a superar o silenciamento dos sujeitos, fazendo com o que os mesmos se encarem como sujeitos dos processos de conhecimento e enxerguem a sua situação como problema. O processo se dá através de uma escuta atenta e ativa, por meio de uma pedagogia centrada na prática e teoria, no reconhecimento de culturas e saberes populares e na reflexão e ação coletivas. Afinal “a educação é uma aventura criadora”, lembra Eliete, bem como “uma forma de intervenção no mundo”. 

CURRÍCULO – Eliete Santiago pesquisa e atua nas áreas de Pedagogia de Paulo Freire, na formação de professores, currículo, prática pedagógica, profissionalização docente e questões étnico-raciais. É professora titular do Departamento de Administração Escolar e Planejamento Educacional do CE e também pesquisadora da linha Pesquisa em Formação e Professores e Prática Pedagógica do Programa de Pós-graduação em Educação da UFPE. Integra a Rede Freireana de Pesquisadores e tem experiência na área de Educação, com ênfase em Política Educacional e Prática Pedagógica. Graduou-se em Pedagogia pela UFPE em 1971; titulou-se como mestre em Educação: Supervisão e Currículo pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo em 1987; e realizou seu doutorado em Ciências da Educação na Universidade de Paris V (Rene Descartes) em 1994.

A palestra está disponível em vídeo

Data da última modificação: 26/11/2018, 17:32