Voltar

Editora UFPE homenageia Dia do Estudante com descontos de 50%

A iniciativa é mais uma ação da campanha “Livro, uma boa companhia”, iniciada em abril

Em homenagem ao Dia do Estudante, todo o acervo da Editora UFPE vai estar à venda com 50% de desconto durante a data, comemorada amanhã (11). Para ser contemplado, o comprador precisa gerar e pagar seu pedido entre zero e 16 horas do dia 11. A iniciativa é mais uma ação da campanha “Livro, uma boa companhia”, iniciada em abril como incentivo à leitura no contexto de isolamento social de prevenção à pandemia de Covid-19.

Os atendimentos presenciais na Editora continuam suspensos como medida de proteção contra a disseminação do novo coronavírus, mas as vendas pelo site continuam ativas. Após selecionar os títulos de seu interesse, o comprador deve enviar e-mail para livraria.editora@ufpe.br, informando quais os itens escolhidos, o número do CPF e o endereço para envio. Uma vez calculado e informado pela Editora o valor total da compra, será enviada uma guia de recolhimento bancário por e-mail.

“Para ser contemplado com o desconto de 50%, o comprador precisa nos enviar o comprovante de pagamento até as 16 horas do dia 11 de agosto, data comemorativa dos estudantes. E é importante lembrar que o frete será gratuito”, explica a servidora Nyêdja Cariny, uma das responsáveis pela loja virtual da Editora UFPE.

Sugestão de compra
Livro: Os gêneros da escola e o (im)possível silenciamento da diferença no currículo
Organizadores: Alice Casimiro; Anna Luiza de Oliveira; Gustavo de Oliveira
Preço: de R$ 35 por R$ 17,50
Sinopse: Os gêneros e as sexualidades – com suas múltiplas relações com as identidades, práticas, tabus e conflitos – estão presentes na vida social e na escola. Ultimamente, tentativas de proibição dos estudos e debates nessa área têm defendido um único modelo de escolarização, de modo a padronizar comportamentos e discursos pedagógicos e também coibir o pluralismo de gênero, sexual, político e religioso. Nesse cenário, este livro coloca-se como uma importante referência de contestação e de resistência ao crescente movimento da “ideologia de gênero”, que intenta silenciar as vozes e invisibilizar os dilemas de estudantes, educadores e acadêmicos que têm buscado problematizar esta lógica de estigmatização no ambiente educacional. A obra reúne artigos de pesquisadores de todo o país que, ao contemplarem diversas teorias e investigações, problematizam questões urgentes relacionadas ao gênero e à sexualidade na educação brasileira, com debates e reflexões sobre as principais perspectivas sobre o tema, tais como aprovação de políticas públicas, discursos curriculares, dilemas de estudantes LGBT na realidade escolar e formação docente.

Data da última modificação: 10/08/2020, 19:11