Voltar

Desenvolvimento e avaliação de aplicativo móvel de apoio ao aleitamento materno é tema de dissertação

Mestranda Cinthia Martins Menino Diniz foi orientada pela professora Cleide Maria Pontes e coorientada pela professora Luciana Pedrosa Leal

“Desenvolvimento e avaliação de aplicativo móvel de apoio ao aleitamento materno” é o título da defesa de dissertação que o Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) realiza amanhã (31). às 9h, no auditório do Departamento de Enfermagem.

A mestranda Cinthia Martins Menino Diniz foi orientada pela professora Cleide Maria Pontes e coorientada pela professora Luciana Pedrosa Leal. A banca examinadora será composta por Francisca Márcia Pereira Linhares (Enfermagem), Eliane Rolim de Holanda (Núcleo de Enfermagem/CAV) e Roseane Lins Vasconcelos (Enfermagem).

 
Resumo

O objetivo desta pesquisa, alicerçada na Teoria da Rede Social, foi avaliar um aplicativo móvel, desenvolvido para apoio à prática do aleitamento materno. Estudo metodológico, guiado pela Norma ISO 9241-210, elaborado em quatro fases: identificação dos requisitos e das necessidades das usuárias (oficinas e entrevistas com profissionais dos Bancos de Leite Humano) definição da ideia/solução (avaliação de aplicativos, definição dos conteúdos e proposta de solução do problema), construção do protótipo (plataforma Github) e avaliação (conteúdo, usabilidade e semântica). Os dados foram analisados pelo cálculo de dispersão e tendência central, teste binomial, Índice de Validade de Conteúdo e para usabilidade, escore da escala System Usability Scale. Nas oficinas com gestantes/puérperas, os conhecimentos foram centrados nos benefícios da amamentação à criança. Profissionais entrevistados (78) citaram motivos de procura aos Bancos de Leite Humano: pega (75,6%), fissuras mamilares (55%) e ordenha (17,9%). Nas lojas virtuais, 38,7% dos aplicativos apresentavam informações exclusivas sobre amamentação. Na primeira versão do aplicativo, o conteúdo foi disposto em ícones: porque amamentar; características do leite materno; descida do leite; posição; pega; ordenha; problemas na amamentação; rede social e dúvidas, que se mantiveram após processo avaliativo.  O valor do S-CVI (22 juízes) atribuído ao aplicativo móvel PROAME foi 0,94. A usabilidade (cinco profissionais) obteve 73,5 pontos e na avaliação semântica (seis gestantes/seis puérperas), índice de concordância = 91%. O aplicativo móvel foi validado ao apoio a amamentação.

Mais informações
Programa de Pós-Graduação em Enfermagem
(81) 2126.8566
ppgenfermagem.ufpe@gmail.com

Data da última modificação: 30/01/2020, 16:32