Voltar

Desafios da agricultura irrigada de base familiar no sistema produtivo da água de coco são abordados em tese

Trabalho trata das principais implicações e estratégias de sobrevivência de pequenos produtores do semiárido na produção e comercialização de coco

O Programa de Pós-Graduação em Geografia (Posgeografia) da UFPE promoveu, no dia 17 deste mês, a defesa da tese “Desafios da agricultura irrigada de base familiar no sistema produtivo da água de coco em região semiárida – Petrolândia, Pernambuco”, de autoria de Guilherme José Ferreira de Araújo, sob orientação da professora Edvânia Tôrres Aguiar Gomes.

O trabalho tratou das principais implicações e estratégias de sobrevivência de pequenos produtores do semiárido no contexto da produção e comercialização de coco, evidenciando seu papel em âmbito global, incluído na perspectiva de um padrão de consumo sustentável. A pesquisa aprofunda as questões vulnerabilidade socioambientais e apresenta novas possibilidades para a agricultura irrigada no semiárido.

A tese foi desenvolvida durante a realização do Projeto Innovate – parceria entre universidades do Brasil e da Alemanha que analisam o uso e ocupação do solo na região de Itaparica – Pernambuco e Bahia. Foram realizados estudos em institutos e fundações no Brasil e no exterior como a Fundação Getúlio Vargas (FGV), Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ), Fundação das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), entre outros. A tese teve indicação para publicação.

Data da última modificação: 24/07/2017, 12:55