O Programa O Programa

O Programa de Pós-Graduação em Saúde da Comunicação Humana tem como principal objetivo estabelecer um curso de qualidade, favorecendo a inserção do profissional no mundo científico e da pesquisa, contribuindo para a construção e solidificação de novas bases da comunicação humana. Assim como fomentar pesquisas e ações nas diferentes áreas que envolvem a comunicação humana, em suas bases biopsicossociais e epistemológicas e com as novas políticas de formação para a saúde e educação, no que se referem ao desenvolvimento, avaliação e intervenção dos diversos aspectos da comunicação humana e suas interfaces com diferentes disciplinas ou áreas de conhecimento.

Os processos de formação científica para este contexto devem permitir a aproximação e aprofundamento de conhecimentos gerais e específicos, através da integração interdisciplinar, dos conteúdos e do emprego de metodologias ativas, o que viabiliza uma pesquisa mais significativa, a partir do contexto em que está inserido. A interdisciplinaridade representa um marco que permite a troca científica das mais diversas áreas relacionadas à Saúde da Comunicação Humana.

O Curso de mestrado em saúde da comunicação humana, da Universidade Federal de Pernambuco foi elaborado desde o ano 2010. Neste período, o projeto foi construído com a participação ativa dos professores que integram o quadro docente do curso de Graduação em Fonoaudiologia e pelos professores que compõe o quadro de professores permanentes.

O Curso de mestrado em saúde da comunicação humana reconhece a importância da equipe multi e interdisciplinar, com o intuito de incrementar a pesquisa e conhecimento científico. Neste sentido, o curso contempla no perfil de seus integrantes, competências intelectuais que refletem a heterogeneidade das demandas sociais e científicas.

A missão do curso de mestrado em saúde da comunicação humana da UFPE é formar profissionais sensíveis aos aspectos envolvidos com a saúde da comunicação humana, sendo capazes de realizar pesquisas voltadas para a promoção e da saúde, avaliação e diagnóstico dos distúrbios, bem como a sua habilitação e reabilitação.

A existência de um mestrado em saúde da comunicação humana na UFPE é um marco tanto em oportunidades à formação acadêmica, com inserção profissional na área de pesquisa, como no que se refere ao incremento do conhecimento científico, com a oportunidade de desenvolvimento e inovação de conhecimento e método científicos, a partir da realidade em que está inserido e interdisciplinaridade proposta.