O Programa O Programa

O Curso de Mestrado em Fisioterapia da Universidade Federal de Pernambuco foi recomendado pela Capes em julho de 2008 e tem como área de concentração “Fisioterapia na Atenção à Saúde”, cujo princípio norteador está baseado nos novos conceitos e discussões que envolvem o processo de saúde. O entendimento deste processo como o resultado da forma de organização das sociedades e das relações do homem com seu meio ambiente, indo além do discurso da “ausência da doença”.    

Atualmente a inserção de novos modelos de assistência à saúde vem exigindo a formação de profissionais capazes de atuar em todos os níveis e fases do processo saúde/doença.  A proposta é consolidar um programa onde o processo de saúde, e não apenas a doença, seja objeto de interesse das investigações. Pretende-se, desta forma, inserir novos profissionais no meio científico e acadêmico, voltados para um paradigma ampliado de saúde, rompendo os limites da assistência curativa, permitindo assim, o desenvolvimento de pesquisas em todos os níveis e fases de atenção à saúde do homem, contribuindo como instrumento de mudança na área de atuação.

Nesse contexto, duas linhas de pesquisa foram criadas: Instrumentação e intervenção fisioterapêutica; e Fisioterapia, desempenho físico-funcional e qualidade de vida. Construídas com esse pensamento e alicerçadas na experiência de seu corpo docente.


O Programa tem por objetivos:
 

  • Formar recursos humanos na área de Fisioterapia contribuindo assim, para o desenvolvimento do ensino e da pesquisa nos diversos aspectos relacionados à Fisioterapia.
  • Desenvolver e consolidar linhas de pesquisas especifica na área de Fisioterapia.
  • Promover a qualificação de profissionais, docentes e pesquisadores na área de Fisioterapia;
  • Incentivar a produção e o intercâmbio entre o Departamento de Fisioterapia e outros Departamentos da UFPE, bem como, de outras instituições de ensino superior;
  • Promover a interação entre as atividades de ensino na graduação com as atividades de pesquisas da Pós-graduação em Fisioterapia;
  • Proporcionar o desenvolvimento de pesquisas que possam validar a eficácia de novas técnicas e estratégias de avaliação e intervenção fisioterapêutica.