O Programa O Programa

O Programa de Pós-graduação em Filosofia da Universidada Federal de Pernambuco foi pioneiro na região Nordeste. Ainda que suas atiidades regulares só tenham iniciado em 1979, e seu credenciamento no Sistema de Avaliação da CAPES só tenha ocorrido em 1996, as origens do Programa remontam ao ano de 1971, com a aprovação do Curso de Especialização e do Seminário de Pesquisa Filosófica (mais tarde transformado em Mestrado em Filosofia).

Com o passar dos anos, os dois cursos, de Especialização e de Mestrado, passaram por períodos de reformulação de temáticas e linhas, e de expansão com a criação, em 2005/06, de um curso de Doutorado Interinstitucional, em parceria com a UFPB e a UFRN.

O Programa de Mestrado em Filosofia da UFPE foi progressivamente se ajustando aos parâmetros da CAPES, no sentido de articular de maneira adequada a relação entre área de concentração, linhas e projetos de pesquisa, denotando sensível progresso na última década de seu funcionamento.

Após esta trajetória, o PPGFIL conta atualmente com cursos de:

 

  • Mestrado

O Curso de Mestrado destina-se principalmente à formação de pesquisadores e professores de ensino superior.

Área de concentração: Filosofia.

Linhas de pesquisa: Ontologia e linguagem; Ética e Filosofia Política; Fenomenologia e Hermenêutica;

 

  • Doutorado

Em sistema de integração interinstitucional junto à Pós-graduação em Filosofia da UFPB e ao Programa de Pós-graduação em Filosofia da UFRN, o Doutorado em Filosofia consolida a formação dos níveis anteriores, promovendo aquisição e o desenvolvimento de competência de alto nível para a produção e transmissão de conhecimentos filosóficos.

Área de concentração: Filosofia.

Linhas de Pesquisa: Filosofia Analítica; Filosofia Prática (Etica e Filosofia Política); Metafísica.3

 

  • Objetivos

O Programa de Mestrado em Filosofia do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) tem como objetivo geral a formação de profissionais que, qualificados para a pesquisa filosófica, estejam em condições de exercer a docência com qualidade, seja no nível médio ou no nível superior.

Os principais objetivos específicos são: congregar um corpo docente de pesquisadores que desenvolvam projetos e apoiem as atividades de formação de novos pesquisadores e professores; capacitar e qualificar profissionais da pesquisa e do ensino em Filosofia que, adquirindo o nível de mestrado, possam (além de desenvolver uma investigação filosófica) ser multiplicadores, enquanto professores da rede pública e privada, na transmissão dos temas filosóficos pesquisados; realizar continuamente eventos científicos, na tentativa de promover o debate e aprofundar as discussões em torno das temáticas representadas nas linhas de pesquisa do programa; promover convênios com outras instituições, no Brasil e no exterior, para ampliar a rede de interlocutores dos professores e discentes do programa; contribuir para o desenvolvimento científico e cultural da região nordeste e do país mediante o exercício da atividade de ensino, interpretação dos textos filosóficos, participação em eventos científicos, produção bibliográfica, participação em sociedades científicas, conselhos editoriais e colaboração em trabalhos de extensão.