O Programa O Programa

Resumo Histórico

O programa teve início com o Curso de Mestrado em Cirurgia, sendo implantado em 1973 pelo Prof. Salomão Kelner. O curso evoluiu com conceitos B e A avaliados pelo Conselho Federal de Educação. Com a aposentadoria de seu pioneiro, na sequência, foi nomeado, em 1986, Coordenador do Curso de Mestrado em Cirurgia, o Prof. Carlos Teixeira Brandt, pelo então Pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação, Prof. Ivon Fittipaldi. Exerceram o cargo de Vice coordenadores os professores José Falcão Correia-Lima Filho e José Lamartine de Andrade Aguiar. Foram fortalecidas as linhas de pesquisa existentes, particularmente a de esquistossomose hepatoesplênica, e criadas outras como infecção em cirurgia coordenada pelo professor Edmundo Machado Ferraz, anomalias congênitas coordenada pelo professor Carlos Teixeira Brandt e Cirurgia da obesidade coordenada pelos professores Edmundo Machado Ferraz e Álvaro Antônio Bandeira Ferraz. O curso evoluiu por biênios subsequentes com conceito A. Adicionalmente, o Curso de Mestrado em Cirurgia se tornou a sede da Revista Anais da Faculdade de Medicina do Centro de Ciências da Saúde e da presidência da Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia (SOBRADPEC) – Regional de Pernambuco; cargos exercidos pelo Prof. Carlos Teixeira Brandt. Em julho de 1990, foi criada comissão para elaborar o projeto do Programa de Pós-graduação em Cirurgia da UFPE constituída pelos professores: Carlos Teixeira Brandt; José Lamartine de Andrade Aguiar; Edmundo Machado Ferraz; Antônio Carlos Cavalcanti e Waldemy Silva. No início da década de 90, o Curso de Mestrado em Cirurgia passou a ser nomeado Programa de Pós-graduação em Cirurgia, com níveis de Mestrado e Doutorado. O Programa foi credenciado, pelo CTC da Comissão de Aperfeiçoamento de Pessoal do Ensino Superior (CAPES), com conceito 4 tendo se mantido assim nos triênios subsequentes.

A primeira turma de doutores do Programa de Pós-graduação em Cirurgia foi graduada no ano de 2000 e constituída pelos professores: Antônio Figueira Filho; Cláudio Amaro Gomes e Oyama Arruda Frei Caneca. De forma contemporânea, o Curso de Doutorado em Medicina, coordenado pelo Prof. Edmundo Machado Ferraz, formou vários doutores que foram absorvidos por alguns programas de pós-graduação, inclusive o de Cirurgia, elevando a produção científica da área de saúde da UFPE.

Nos últimos 20 anos foram coordenadores do Programa de Pós-graduação em Cirurgia os professores: Carlos Teixeira Brandt; José Lamartine de Andrade Aguiar; Álvaro Antônio Bandeira Ferraz; Rodrigo Pessoa Cavalcanti Lira e Thiago Freire Pinto Bezerra. O Programa tornou-se mais abrangente e passou a absorver, no corpo docente e discente, profissionais de diversas áreas da saúde, adicionando pluralidade na formação de profissionais com competência e, sobretudo, estímulo a formação de docentes pesquisadores.

 

Objetivo:
 
O Programa de Pós Graduação em Cirurgia tem como objetivo a formação de Mestres e Doutores nas linhas de pesquisa orientadas pelos docentes pesquisadores das Disciplinas Cirúrgicas, com ênfase, principalmente, na Cirurgia Experimental.

Vale ressaltar que o Núcleo de Cirurgia experimental foi fundado em 1951 pelo Prof. Eduardo Wanderley Filho, funcionando ininterruptamente até a data atual. Este Núcleo visa, também, a integração com outros laboratórios de pesquisas da UFPE, que mantém interface com nossas linhas de pesquisa, procurando engajar alunos de PIBIC nas pesquisas, além de alunos de Pós-Graduação oriundas de outras áreas de conhecimento que agregam atividades em nossas linhas de investigação clínica e experimental.

Ainda como objetivo, perseguimos o aprimoramento científico, baseado em metodologia, estruturado em evidências e na busca de qualidade, visando a qualificação e a capacitação para o ensino e para a pesquisa na preparação de Docentes para a UFPE.

 

Missão:

Formar Mestres e Doutores com ênfase, principalmente, na Cirurgia Experimental e nas linhas de pesquisa orientadas pelos docentes pesquisadores das Disciplinas Cirúrgicas.
Esta formação de profissionais qualificados deve ocorrer inclusive através da integração com outros laboratórios de pesquisas da Universidade, que mantenham interface com as linhas de pesquisa em vigor, bem como através do engajamento de alunos de Graduação, por meio de Projetos de Iniciação Científica, e alunos de Pós-Graduação oriundas de outras áreas de conhecimento, que agreguem conhecimento e expertise em nossas linhas de investigação clínica e experimental.

 

Visão:

Perseguimos o aprimoramento científico, baseado em metodologia, estruturado em evidências e na busca de qualidade, visando a qualificação e a capacitação para o ensino e para a pesquisa na preparação de Docentes para a UFPE.