O Programa O Programa

A biotecnologia industrial tem características claramente multidisciplinares e interdisciplinar, envolvendo conhecimentos, métodos e profissionais de áreas como bioquímica, genética, química analítica, microbiologia, computação, matemática e engenharia. O profissional do curso de Biotecnologia Industrial do Departamento de Antibióticos da UFPE terá formação sobre o desenvolvimento de processos e produção de produtos biotecnológicos. A produção de metabólitos de interesse industrial, como por exemplo, enzimas microbianas e bioetanol, terá um impacto regional na valorização da biomassa da palha e do bagaço de cana-de-açúcar. Por isso será de grande relevância para os setores estratégicos como o energético e o agroindustrial. Pernambuco apresenta posição de destaque na geração de biomassa, principalmente do bagaço e da palha de cana-de-açúcar, devido a presença, no Estado, de usinas de cana-de-açúcar e destilarias.

Outra área relevante para o Biotecnólogo é a caracterização química e a avaliação farmacológica de bioprodutos que será de grande importância para o setor da saúde, o que também trará repercussão para o pólo farmacoquímico instalado na cidade de Goiana, facilitando o desenvolvimento social do nosso Estado.

O desenvolvimento de processos de biodegradação e de biorremediação, além de estudos toxicológicos para avaliar o impacto ambiental, será muito importante no contexto regional, uma vez que a construção da refinaria Abreu e Lima, no Porto de Suape, precisará de profissionais especializados contribuindo para a busca de soluções de problemas relacionados com possível contaminação ambiental. Além do mais qualificar o Biotecnólogo para atuar na área acadêmica na geração e aplicação de tecnologias no contexto social e econômico, procurando inserir e estabelecer a integração entre as instituições de formação e o setor industrial.