Voltar

Evento on-line celebra os 41 anos do HC amanhã (24)

Será ministrada aula pela ex-superintendente do HC (de 2003 a 2007) e professora da UFPE, Heloísa Mendonça

O Hospital das Clínicas da UFPE vai comemorar os seus 41 anos em cerimônia virtual, amanhã (24), a partir das 16h30, com transmissão ao vivo pelo canal oficial da UFPE no YouTube. Durante o evento, haverá apresentações musicais, depoimentos dos que fizeram e fazem parte do HC, exibição de vídeo comemorativo e a aula “O SUS, o HC e a formação em saúde: o que comemorar?”, ministrada pela ex-superintendente do HC (de 2003 a 2007) e professora da UFPE, Heloísa Mendonça.

A apresentação musical será feita pelos seguintes profissionais do HC: Dênis Waked (Urologia), Guido Araújo Jr (Cirurgia Abdominal), Amaury Cantilino (Psiquiatria), Breno Barbosa (Neurologia), Igor Zaidan (Coreme), Márcio Carvalho (Cirurgia Geral), Agostinho Machado Jr (Ginecologia) e Eduardo Melo (Neurologia). No repertório, clássicos nacionais e internacionais em homenagem a vítimas de Covid-19; simbolizando a saudade e a necessidade de união das nações neste momento de pandemia.

HISTÓRIA – A pedra fundamental da construção do HC foi lançada na década de 1950 durante o reitorado do professor Joaquim Amazonas. A sua inauguração ocorreu no dia 14 de setembro de 1979 pelo reitor Paulo Frederico do Rêgo Maciel. Essa iniciativa marcou a transferência dos setores do Hospital Pedro II - primeira unidade hospitalar ligada à UFPE – para o HC, na Cidade Universitária, na Zona Oeste do Recife.

A mudança iniciada em 1979 estendeu-se até o começo da década de 1980. No final da década de 1990, o HC passou por sua primeira grande reforma, com obras na Unidade de Terapia Intensiva, Enfermaria de Nefrologia, Bloco Cirúrgico e dois andares (10º e 11º). As reestruturações não param. Anualmente, diversos serviços passam por um processo de modernização para melhor atender ao público.

Em 11 de dezembro de 2013, a Universidade Federal de Pernambuco assinou o contrato de adesão com a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), estatal ligada ao Ministério da Educação, que passou a gerir o HC, em janeiro de 2014, e a desenvolver o plano de reestruturação, construindo um novo modelo de gestão para reconduzir o HC ao patamar de excelência na assistência, ensino e pesquisa.

O HC é uma marca forte na medicina pernambucana, atendendo milhares de pessoas todos os meses. Composto por grandes profissionais que se destacam em suas áreas e dão o tom de pioneirismo e dedicação, seja no cuidado com a população, seja nas pesquisas e no ensino. O hospital-escola possui um moderno parque tecnológico com equipamentos de ponta como o PET-CT, o angiógrafo, a ressonância magnética, entre outros.

Data da última modificação: 23/09/2020, 16:55