Back

UFPE e Prefeitura do Recife firmam parceria para realização de testes do novo coronavírus

A PCR vai adquirir os testes e a Universidade terá a capacidade de realizar até 300 exames por dia, com seu corpo técnico e equipamentos

Com informações da assessoria da PCR

O trabalho de combate ao novo coronavírus ganhou um importante reforço ontem (6). O reitor Alfredo Gomes e o prefeito Geraldo Julio firmaram parceria para a ampliação dos testes da Covid-19. A Prefeitura do Recife vai adquirir os testes e a UFPE terá a capacidade de realizar 300 testes do tipo RT-PCR por dia. A iniciativa faz parte do Plano Municipal de Contingência Covid-19.

Foto: Divulgação

Reitor (à dir.) e o prefeito assinam convênio na PCR

Alfredo Gomes destacou a importância do convênio. “Essa parceria é muito importante, porque vai dar um salto de qualidade na capacidade de teste no Estado de Pernambuco. A Prefeitura do Recife tem coordenado com muita competência esse processo e nós, da Universidade, ficamos muito felizes de fazer parte de uma parceria como esta, tendo em vista um contexto muito difícil para nossa cidade, nosso estado e nosso país”, pontuou ele.

Para o prefeito Geraldo Julio, a parceria vai reforçar ainda mais o trabalho conjunto de conter o avanço descontrolado do vírus na cidade. “Todo o nosso esforço tem sido para salvar vidas. Hoje (ontem), anunciamos mais uma conquista que é essa importante parceria com a Universidade Federal. Quanto mais rápido esse vírus se espalhar pelo Brasil, mais difícil vai ser para o sistema de saúde atender a essa enorme demanda que pode ser gerada. Esse trabalho vai possibilitar que tenhamos uma resposta mais rápida e efetiva no tratamento dos doentes”, afirmou o prefeito.

Na parceria, a Prefeitura do Recife ficará responsável pela aquisição dos testes e coleta do material, que enviará para o laboratório da UFPE. Já a Universidade usará seus equipamentos e o corpo técnico para analisar o material. A expectativa é realizar 300 testes por dia. A parceria vai ampliar a capacidade de testagem e permitir um melhor acompanhamento e o devido isolamento e tratamento dos pacientes mais graves.

Date of last modification: 07/04/2020, 15:24