Departamento de Engenharia Civil

Notícias Notícias

Voltar

Estudantes de Engenharia Civil apontam soluções a serem aplicadas no Plano de Acessibilidade da UFPE

Estudantes de Engenharia Civil apontam soluções a serem aplicadas no Plano de Acessibilidade da UFPE

Propostas como sinalização de calçadas, implementação de ciclovias, bicicletários e áreas de convivência para o Campus Recife da UFPE foram algumas das questões levantadas pelo Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) “Desenvolvimento do Campus da UFPE baseado em Conceitos do Desenvolvimento Orientado pelo Transporte”, dos estudantes Miguel Simões e Vanessa Galdino, orientados pelo professor Maurício Pina, do curso de Engenharia Civil da Universidade. Eles foram recebidos, na manhã de ontem (23), pelo reitor Anísio Brasileiro, para discutir os resultados dos estudos com uma equipe da Superintendência de Infraestrutura (Sinfra) da Universidade.

Foto: Vitória Galvão

Reitor elogiou o trabalho e sua aplicabilidade na Universidade

Algumas soluções apontadas no trabalho serão incorporadas pela Sinfra no Plano de Acessibilidade da Universidade, que está em fase de elaboração. “É um trabalho de conclusão de curso de grande alcance, que traz utilidade para a sociedade no geral. A aplicação dessa metodologia, no campus, é uma coisa nova, que traz contribuições. Várias propostas que surgiram nesse trabalho podem ser implantadas para o bem da comunidade acadêmica”, explicou o professor Maurício Pina. 

O reitor Anísio Brasileiro comemorou as contribuições levadas pelo estudo e enfatizou a importância da pesquisa. “Estamos muito contentes que os nossos estudantes fizeram um trabalho acadêmico, com uma concepção teórica e, ao mesmo tempo, tiveram o desprendimento de aplicar essas teorias ao caso do campus universitário, mostrando a possibilidade de, através de um conjunto de ações concretas, nós melhorarmos a convivência e os espaços coletivos”, afirmou.

TRABALHO – O estudo foi baseado em duas linhas de pesquisa voltadas para estações de grande movimento. “Nos baseamos em dois pontos de pesquisa, o TOD e o Placemaking, e fizemos o estudo, baseado numa pontuação já existente, e aplicamos no campus, visitando os centros e as vias, documentando por meio de fotos”, explicou a estudante Vanessa Galdino.

O Transit Oriented Development (TOD) é um conceito de pesquisa que estimula a ocupação compacta da área estudada, com pequenas distâncias a pé e proximidade às estações de transporte. O conceito tem como princípio a valorização do usuário, ou seja, das pessoas. Já o Placemaking significa fazer espaços públicos que estimulem interações entre as pessoas em si e entre as pessoas com a cidade.

“Nosso objetivo é apresentar áreas que estão precárias e poder trazer soluções para isso. O que nos motivou foi deixar um legado para a UFPE, onde as pessoas possam ser mais valorizadas do que os meios de transportes individuais”, finalizou o estudante Miguel Simões.

Data da última modificação: 24/08/2018, 19:15

Contato Contato

Secretaria do Departamento
(81) 2126.8219
Coordenador
Anderson Paiva
Vice-coordenador
Antonio Acácio

Equipe Equipe

Coordenação do Curso de Graduação

Localização Localização