Voltar

CMEI Professor Paulo Rosas recebe ação de conscientização sobre violência contra a criança no contexto da pandemia

Serão distribuídos fôlderes para as famílias sobre as manifestações de violência na pandemia

A equipe do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Professor Paulo Rosas realiza nesta sexta-feira (28) a distribuição de folders informativos sobre violência contra a criança em meio à pandemia da Covid-19. Ação acontece junto à distribuição de cestas básicas para as famílias de seus estudantes, realizada pela Secretaria de Educação do Recife mensalmente. O informativo voltado à prevenção da violência contra crianças tem como objetivo alertar as famílias sobre as manifestações de violência no contexto da pandemia e incentivar a paciência e o diálogo.

A atividade envolve a Diretoria de Qualidade de Vida (DQV) da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas e Qualidade de Vida (Progepe), a Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proexc) e o Grupo de Estudos, Pesquisas e Extensões no Campo da Política da Criança e do Adolescente (Gecria), do Departamento de Serviço Social. O grupo é o responsável pela confecção da cartilha “Pandemia e Violência contra Crianças”.

O material distribuído junto às cestas é uma das atividades do “Projeto de Extensão Autoproteção de Crianças no Contexto da Pandemia”, coordenado pela professora Valéria Nepomuceno, do Departamento de Serviço Social, e apoiado pela Proexc. Além da produção de material informativo para as famílias das crianças do CMEI Professor Paulo Rosas, o projeto realiza ação formativa junto às professoras do centro, profissionais que atuam na política da criança e do adolescente e estudantes da graduação em Serviço Social e Pedagogia da UFPE. A iniciativa também inclui o estudo do projeto político pedagógico do CMEI com o propósito de inserir a estratégia de autoproteção de crianças como ação permanente e a elaboração de perfil das crianças atendidas no CMEI.

A professora Valéria Nepomuceno destaca a importância da ação e da temática abordada: “Momentos difíceis como uma pandemia, por exemplo, favorecem o aumento dos números de violência sexual, física e psicológica contra crianças e adolescentes. A maioria dos casos de violências ocorre no ambiente familiar e cometidos por pessoas da família”.

Valéria pontua que a cultura do educar batendo é algo ainda forte na sociedade brasileira e que, muitas vezes, nos lares em que as crianças se encontram, no contexto do isolamento social, não há acesso à internet, brinquedos, jogos pedagógicos ou cômodos para toda a família, o que pode agravar o problema. Além disso, os pais estão estressados pelo medo da doença, adoecimento ou morte de parentes e perda de emprego. “Assim, todos esses fatores podem contribuir para irritação dos responsáveis pela criança e fazer com que respondam com violência como forma de correção”, explica Valéria.

A professora ressalta que a situação é agravada devido ao fato de as crianças não poderem estar frequentando a escola, pois o ambiente educacional funciona como um ator importante na prevenção contra a violência. Os professores no ambiente escolar têm como observar mudanças na criança (física ou comportamental) e podem intervir sobre uma possível violência sofrida e dar algum encaminhamento para a situação.

CMEI – Inaugurado em 2007, o Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Paulo Rosas tem como princípio norteador a aprendizagem em diálogo com as etapas do desenvolvimento infantil. O espaço está localizado no Campus Recife da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), sendo fruto de parceria entre a instituição de ensino superior e a Prefeitura do Recife. O CMEI atende crianças de zero a quatro anos e tem o objetivo de promover o desenvolvimento integral delas nos aspectos físico, psicológico, emocional, social e cultural, considerando a ação das famílias e da comunidade. O local é também um campo de estágio, o que possibilita um encontro dos professores escolares com os da Universidade e permite a formação e a troca de conhecimentos.

 

Mais informações
Gecria

Facebook 
Instagram @gecria.ufpe

Data da última modificação: 26/08/2020, 17:59

Contatos Contatos

Secretaria da Diretoria

Centro de Ciências Sociais Aplicadas Av. dos Economistas, s/n Cidade Universitária 50670-901 Recife-PE

(81) 2126.8360
Coordenação Setorial de Extensão
(81) 2126-8871
Coordenação de Turismo
(81) 2126-8751
Coordenação de Hotelaria
(81) 2126-8758
Coordenação de Secretariado
(81) 2126-8367
Coordenação de Serviço Social
(81) 2126-8373
Coordenação de Ciências Econômicas
(81) 2126-8380
Coordenação de Ciências Atuariais
(81) 2126-7739 / 8376
Coordenação de Ciências Contábeis
(81) 2126-8372
Coordenação de Administração
(81) 2126-8366
Coordenação Setorial Acadêmica (Escolaridade)
(81) 2126-8365

Direção Direção

Direção
Prof. Jeronymo José Libonati
(81) 2126-8360
Vice-Direção
Prof. Zionam Rolim
81 2126.8360