Admissão de alunos

PDF Print E-mail

Admissão de alunos

 

A admissão de alunos da Universidade Federal de Pernambuco pode ser realizada de diversas maneiras. Entre os caminhos para fazer parte do corpo discente da instituição, constam o ingresso via Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do Ministério da Educação (MEC), com base na nota obtida pelo candidato no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), concurso vestibular para vagas do conjunto das Engenharias CTG no segundo semestre de cada ano, o processo extravestibular e os acessos por meio dos programas de pós-graduação e extensão da UFPE.

 

Desde o primeiro semestre de 2013, a UFPE modificou a sua política de inclusão social e adequou-se à legislação em vigor que institui cotas para alunos da rede pública, pretos, pardos e indígenas: Lei nº 12.711, Decreto nº 7.824 e Portaria nº 18 do Ministério da Educação.

 

Em 2013, o percentual mínimo foi de 12,5% das vagas por curso, turno e por entrada para jovens que tenham cursado o Ensino Médio em escolas públicas, sendo que 50% das vagas sendo destinadas a candidatos que comprovarem renda familiar bruta igual ou inferior a 1,5 salário mínimo per capita e os demais 50% para os que tenham renda familiar bruta superior a 1,5 salário mínimo per capita. Em cada um dos grupos, 62,4% das vagas serão reservadas para pretos, pardos e indígenas, o que corresponde ao somatório do percentual de pessoas de cada contingente dos beneficiados no Estado de Pernambuco (Censo 2010 IBGE). Os alunos das escolas federais e estaduais de Ensino Médio, que antes não eram contemplados pelo bônus concedido pela UFPE ao aluno de escola pública, agora estão incluídos entre os beneficiários das cotas. Em 2014, o percentual mínimo passou para 25% e, em 2015, para 37,5%.

 

A seguir, informações sobre cada uma dessas etapas. 


Ingresso via Sisu

 

Com a adesão ao Sisu, decidida pelo Conselho Coordenador de Ensino, Pesquisa e Extensão (CCEPE) da UFPE no dia 3 de março de 2014, a seleção de novos alunos, desde 2015, considera exclusivamente as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O sistema é válido para o ingresso na maioria dos cursos presenciais de graduação do Campus Recife e dos Centros Acadêmicos de Vitória (CAV) e do Agreste (CAA), em Caruaru. As vagas de primeira e segunda entradas são ofertadas na primeira chamada do Sisu. Os cronogramas do Enem 2015 e do Sisu são divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep)/MEC.

 

Os cursos de graduação de Dança (licenciatura), Música/Canto (bacharelado), Música/instrumento (bacharelado), Música (licenciatura) e Química (bacharelado), todos do Campus Recife, contaram em 2015 com um vestibular específico para a segunda fase (a primeira fase é a nota do Enem).   

 

A exceção é para as vagas do segundo semestre letivo do grupo Engenharias CTG (Recife), cujo vestibular de meio de ano continua a acontecer. Apenas nesse caso, está mantido o modelo por meio do qual a nota do Enem equivale à primeira etapa, e as provas da segunda etapa são realizadas pela Covest.

 

Extravestibular

 

O processo de admissão extravestibular é destinado aos estudantes que desejam realizar reintegração ou uma transferência interna ou externa. Os alunos diplomados contam, ainda, com a possibilidade de solicitar o ingresso em outra habilitação ou curso de graduação oferecido pela Universidade.

 

Atualmente, a UFPE realiza provas para avaliar o conhecimento e habilidades dos candidatos às vagas de extravestibular. Além do teste, os estudantes devem obedecer a alguns requisitos. No caso de transferência externa, o interessado deverá já ter cumprido 25% da carga horária do seu curso. Será preciso também comprovar ter menos de 70% da carga horária a cumprir para conseguir a transferência.

 

O acesso extravestibular possibilita, ainda, realizar matrícula para cursar disciplinas isoladas. Esse benefício é dado aos alunos diplomados e vinculados à UFPE ou a outra instituição de ensino superior. Mais informações no site da Pró-Reitoria para Assuntos Acadêmicos.

 

Pós-Graduação

 

Os programas de pós-graduação da UFPE admitem candidatos que estejam interessados em desenvolver suas dissertações de mestrado e teses de doutorado na Universidade. Os interessados devem obter mais informações na página do curso de pós-graduação que deseja fazer. Mais informações na Pró-Reitoria para Assuntos de Pesquisa e Pós-Graduação. Mais informações no site da Pró-Reitoria para Assuntos de Pesquisa e Pós-Graduação.

 

Extensão

 

A UFPE também oferece cursos de extensão a interessados em fazer parte de sua vida acadêmica. Os formulários e o manual de atividades extensionistas estão disponíveis no site da Pró-Reitoria de Extensão da Universidade