Eventos Eventos

Voltar

Exposição “Modernismo em Pernambuco: Recepção e Desdobramentos”.

A Universidade Federal de Pernambuco, através da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proexc), da Diretoria de Cultura e do Instituto de Arte Contemporânea (IAC), realiza a exposição “Modernismo em Pernambuco: Recepção e Desdobramentos”. O vernissage está marcado para o dia 23 deste mês, às 16h, no Centro Cultural Benfica e será aberta ao público. A mostra celebra três momentos distintos: o centenário da Semana de Arte Moderna de 1922, os 90 anos da Escola de Belas Artes do Recife e os 76 anos da UFPE.

Diante das comemorações do centenário da Semana de Arte Moderna de 1922, movimento que contribuiu para elaboração de novos conceitos de identidade nacional e ressignificou a fruição artística no país, surgiu a necessidade de realizar uma exibição que mostrasse a recepção das ideias modernistas pelos artistas em Pernambuco. Com curadoria do professor Carlos Newton Júnior, do Departamento de Artes Visuais da UFPE, a mostra reflete sobre como os ventos modernistas chegaram a Pernambuco e, misturados ao projeto regionalista encabeçado por Gilberto Freyre, criou um modernismo com temas, paletas e faturas próprias. Essa perspectiva se dará a partir do acervo artístico da própria UFPE, parte dele herdado da Escola de Belas Artes do Recife, que completa 90 anos neste 2022.

A exposição será dividida em dois momentos: numa primeira sala, o público terá contato com os precursores do Modernismo em Pernambuco, a partir de trabalhos de Vicente do Rego Monteiro, Fedora Monteiro Fernandes, Murillo La Greca, Mário Nunes e Laerte Baldini, todos os professores da Escola de Belas Artes do Recife. Na segunda sala, os espectadores poderão apreciar como os preceitos modernistas se desdobraram nos anos seguintes através de uma geração revolucionária e pupila da geração anterior, aqui representada por Francisco Brennand, Reynaldo Fonseca, Aloisio Magalhães, Ladjane Bandeira, Gilvan Samico, Tereza Costa Rêgo, Eudes Mota e Armando Lacerda. As obras acompanham textos informativos e críticos elaborados pelo curador.

A mostra, que tem apoio da Fundação de Amparo a Ciência e Tecnologia de Pernambuco (Facepe) e faz parte das comemorações dos 76 anos da UFPE, ficará em exibição até o final do ano com entrada gratuita, de segunda a sexta, das 9h às 18h, no Centro Cultural Benfica da UFPE (Rua Benfica, 157 - Madalena). Visitas em grupo com mediação, para escolas e demais instituições, poderão ser agendadas pelo e-mail iac.cultura@ufpe.br.

CURADOR – Carlos Newton Júnior é professor da UFPE, lotado no Departamento de Artes. Pesquisador da cultura brasileira, possui mestrado e doutorado na área de Literatura e é especialista em Teoria da Arte. Um dos principais estudiosos da obra de Ariano Suassuna e do Movimento Armorial, Newton Júnior é também escritor e ensaísta, com dezenas de publicações sobre literatura, teatro e artes plásticas em revistas e jornais de todo o país. 

Ficha técnica
Coordenador do Instituto de Arte Contemporânea (IAC):Talles Colatino
Coordenadora de Museologia e Valorização do Patrimônio Artístico-Cultural: Andrea Marinho
Coordenadora do Acervo Museológico Universitário: Rebeca Matos
Curadoria e textos: Carlos Newton Júnior
Projeto Gráfico: Jackson Carvalho
Design e Comunicação Visual: Klenny Alves 
Comunicação Social: Raissa Jordão
Coordenadora do Educativo: Milena Marques
Montagem e sinalização: GF Montagens
Equipe IAC/Benfica: Amanda Ataide Cardoso Paixão, Ana Beatriz Vieira, Diego Mota, Jeims Duarte, Maria Clara Almeida, Manoela Freire

Proprietário Proprietário Agenda de Eventos Proexc
Recursos Recursos Recursos: Agenda de Eventos Proexc

Data de início Data de início Data de início: 23 de Agosto de 2022, 16:00
Data de término Data de término Data de término: 23 de Agosto de 2022, 19:00

Localidade Localidade Localidade: Centro Cultural Benfica Derby - Recife