Voltar

DRI realiza evento de boas-vindas para estudantes estrangeiros

O evento teve como objetivo realizar uma primeira interação face a face com os estudantes

Foto: Passarinho

Vice-reitor conversou com estudantes recém-chegados

A Diretoria de Relações Internacionais (DRI) da UFPE realizou na manhã de ontem (18), às 10h, no Auditório Reitor João Alfredo, uma reunião de boas-vindas para os alunos internacionais de graduação do próximo semestre. O evento teve a presença do vice-reitor Moacyr Araújo, que desejou uma boa estada e retificou sua disponibilidade e a de todos da DRI em estar colaborando e assistindo os estudantes recém-chegados.

Neste semestre, a UFPE recebe alunos de países como Colômbia, Congo, Benim, Luxemburgo, Bélgica e Alemanha, estudantes de diversos cursos como Direito, Ciências contábeis, Economia etc. De acordo com o diretor-adjunto de Relações Internacionais, Madson Góis, o processo de acolhimento é fundamental para inserção dos alunos estrangeiros à Universidade, compondo o birô da DRI, Welcome Office, que procura articular um meio de integração de estudantes, professores e pesquisadores estrangeiros à comunidade acadêmica da UFPE.

O evento foi apenas o primeiro passo de acolhimento dos estudantes. Além de discussões sobre o funcionamento da UFPE, as oportunidades de esportes e as opções de saúde, a equipe técnica do DRI irá realizar um tour pela cidade do Recife, na forma de expedição cultural, juntamente com os padrinhos dos alunos estrangeiros.

“É um momento fundamental porque os estudantes chegam sem conhecer nada da Universidade. É um choque lidar com a burocracia de tantos documentos. Então, esse é um momento para finalmente conhecer os rostos de cada um dos estudantes, depois de meses conversando por email”, afirmou Vitor Feitosa, responsável pela mobilidade in e out da DRI e principal articulador do processo de vinda dos estudantes de graduação desse semestre.

Para os estudantes estrangeiros, a UFPE é uma oportunidade de inserção no Brasil e de aprendizado da língua portuguesa, como esclareceu Enock Monde, recém-chegado de Benim, que vai cursar Direito na UFPE. “Aqui, eu espero me inserir de forma mais pragmática e aprender a língua”, disse Enock. Kellyn Santa, estudante de Economia, da Colômbia, afirma que, desde pequena, quis conhecer o Brasil e agora, por meio do intercâmbio, tem a oportunidade de crescer profissionalmente e culturalmente.

Data da última modificação: 19/02/2020, 17:26