Plano de Governança de TIC Plano de Governança de TIC

O Plano de Governança de TIC apresenta um conjunto de ações para a Governança de TIC em 2018 e 2019. Será revisado anualmente, em direto alinhamento ao PDTIC.

Por solicitação do Ministério da Educação, via Ofício nº 7/2017/CGPO/DIFES/SESu/MEC, datado de 23 de agosto de 2017, a UFPE preencheu, ao final de 2017,  um plano de ação para atender ao Acórdão nº 882/2017-TCU, o qual solicita providências imediatas, frente ao fato  que 37% das organizações da Administração Pública Federal estão no nível básico de governança (0,30 a 0,49), ou seja, com baixas condições de governar a TI de forma a produzir valor para a organização. Entre as entidades que apresentaram menor capacidade, estão as instituições federais de ensino superior e outras vinculadas ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTI) e ao Ministério da Cultura (MINC).

Dessa forma, o plano em vigência foi elaborado em total alinhamento às ações definidas previamente pelo MEC para todas as instituições de ensino. Algumas das ações atendem diretamento às recomendações do Acórdão 753/2014 (Recomendações e determinações do TCU à UFPE).

Para a sua execução, são tomadas por base as instruções dadas pelo Guia Sisp de Governança de TI, o COBIT 5 e o ITIL.

Monitoramento das ações Monitoramento das ações