Mecânica dos Fluidos Mecânica dos Fluidos

 
Mecânica dos Fluidos Ambiental é uma especialidade de uma das Ciências Básicas das Engenharias chamada de Fenômenos de Transporte que se dedica às análises de trocas de massas, quantidades de movimento e energias pelas fronteiras dos sistemas rural, urbano e industrial com o envoltório fluido newtoniano ambiental (águas e atmosfera). Assim, é o conhecimento aplicado para a resolução dos problemas cotidianos de busca da melhoria ambiental das águas e do ar originados pelos processos das atividades humanas no campo, na cidade e na indústria e sua solução ou atenuação via o desenvolvimento de novas tecnologias limpas associadas com a geração sustentável de energia renovável, de modo especial com a energia eólica.
 
Os estudos e pesquisas nessa área do conhecimento iniciaram-se, no Departamento de Engenharia Mecânica da UFPE com os alunos do Curso de Graduação em Engenharia Mecânica [1] [2], em 1978. O desenvolvimento de vários trabalhos e projetos motivaram a concepção e estruturação do atual Grupo de Mecânica dos Fluidos Ambiental da UFPE (GMFA - UFPE).

Em uma sequência temporal, as atividades do Grupo de Mecânica dos Fluidos Ambiental da UFPE (grupo de pesquisa aplicada cadastrado perante o CNPq desde 1994 e certificado pela UFPE) podem ser sintetizadas em:
 
  • Décadas de 1970 e 1980:

Estudos, pesquisas, desenvolvimento e adaptação de sistemas computacionais para a previsão dos efeitos hidrodinâmicos de despejos de efluentes urbanos e/ou industriais na qualidade das águas continentais (rios, lagos e reservatórios) e costeiras (lagoas, estuários, marinas e portos).

Desenvolvimento de protótipos de conjuntos cataventos e sistemas de bombeamento.

  • Década de 1990 meados anos 2000:

Desenvolvimento e implementação de processos, técnicas e equipamentos voltados para a aquisição de dados dos sistemas aquáticos, como:

- Levantamentos topobatimétricos e sedimentométricos;

- Levantamentos de propagação de marés hidráulicas;

- Levantamentos de intrusão da maré salina e de padrões de campos de velocidades.

  • Meados anos 2000 até atualmente:

Estudos, pesquisas e desenvolvimento da interação de fluidos newtonianos ambientais com sólidos e suas relações com a geração sustentável de energias renováveis hidráulica / eólica. 

Eles aprofundam aspectos do desenvolvimento tecnológico sustentável de produtos, processos e sistemas para estudos, análises e projetos de engenharia envolvendo a interação dos escoamentos incompressíveis de fluidos newtonianos (águas e ar atmosférico) com sólidos (sedimentos, edificações e rotores) buscando maximizar o aproveitamento da energia renovável (hidráulica e eólica) minimizando perdas, controlando esforços mecânicos e mitigando impactos ambientais.

 

Última atualização deste site: 07/12/2017