Pesquisa

Events Events

Back

Programa de Pós-Graduação em Estatística promove defesa de tese nesta sexta-feira (11)

A defesa inicia às 9h, no auditório do CCEN

O Programa de Pós-Graduação em Estatística da UFPE promove defesa de tese nesta sexta-feira (11), no horário das 9h às 12h, no Auditório Professor Ricardo de Carvalho Ferreira, no Centro de Ciências Exatas e da Natureza (CCEN).

A tese sobre “Métodos de classificação e bondade de ajuste na análise de formas planas”, desenvolvida pelo pesquisador Jhonnata Bezerra de Carvalho, terá como banca examinadora os professores Getúlio José Amorim do Amaral (UFPE), Renata Maria Cardoso Rodrigues de Souza (UFPE), Telmo de Menezes e Silva Filho (UFPB), Fernanda De Bastiani (UFPE), Roberto Ferreira Manghi (UFPE), Eufrásio Andrade Lima Neto (UFPB) e Abraão David Costa do Nascimento (UFPE).

Resumo

O objetivo da análise estatística de formas é estudar a forma dos objetos com base em pontos de referência, chamados de marcos. O caso mais comum são as formas planas onde coordenadas bidimensionais são estudadas. Existem vários tipos de sistemas para se trabalhar com esse tipo de dados, um deles é a pré-forma. A matriz de configuração é transformada em um vetor complexo, no qual os efeitos de locação e escala são retidos. Alguns métodos de aprendizado supervisionado para as pré-formas são considerados neste trabalho. Os métodos de aprendizado supervisionado são usados para classificar um objeto com base em suas informações de rótulo. O método principal é baseado em um algoritmo de máquina de vetores de suporte. Outros métodos foram baseados na estimação de densidade, classificador de Bayes, kernel kmédias, hill climbing, por fim, uma combinação entre os classificadores utilizando o método ensemble. Experimentos de simulações e análises de dados reais indicam que o algoritmo de máquina de vetores de suporte supera os outros métodos considerados quando os dados são pouco concentrados. Adicionalmente, um estudo sobre bondade de ajuste foi realizado para a distribuição Watson complexa e Bingham complexa com a utilização dos testes da razão de verossimilhança, Kolmogorov-Smirnov, Cramér-von Mises e Anderson-Darling. Os testes são realizados com a utilização do método bootstrap em uma transformação obtida através da aproximação dessas distribuições para normal multivariada complexa singular. Experimentos de simulações foram feitos e os testes obtiveram bons resultados, em relação ao tamanho e poder do teste. Por fim, esses testes foram utilizados em dados reais.

Mais informações
Programa de Pós-Graduação em Estatística da UFPE
(81) 2126.8422

Date of last modification: 01/10/2019, 15:56