Back

Simpósio sobre o suicídio recebe recursos para sua segunda edição

O evento foi criado por um grupo de pesquisadores do Programa de Pós-Graduação em Neuropsiquiatria e Ciências do Comportamento da UFPE (Posneuro)

O II Simpósio sobre o Suicídio da UFPE, que será realizado em 1º de setembro, sob a presidência do professor Everton Botelho Sougey, de Neuropsiquiatria, foi contemplado com recursos provenientes de editais da Facepe e da Capes. O evento ocorrerá no Auditório Jorge Logo, do Centro de Ciências da Saúde da UFPE (CCS), das 9 às 18h e é gratuito. Integrada ao Simpósio, no dia seguinte, 2 de setembro, ocorrerá a Caminha Pró-Vida UFPE, a partir das 9h, no Parque da Jaqueira.

Segundo o professor Sougey, o evento concorreu com outras iniciativas consagradas em termos de eventos científicos em todo o Brasil pelo edital da Capes, onde se observa que, do total de 950 eventos aprovados, o simpósio sobre o Suicídio da UFPE é o único evento dedicado à temática da suicidologia. “A aprovação parcial do orçamento foi uma grande conquista, por se tratar também de um evento gratuito e voltado aos estudantes, profissionais de saúde e indivíduos da comunidade”, afirma.

NÚCLEO | O II Simpósio Sobre o Suicídio da UFPE corresponde a uma ação de caráter extensionista sem ônus para o público participante, criado por um grupo de pesquisadores do Programa de Pós-Graduação em Neuropsiquiatria e Ciências do Comportamento da UFPE (Posneuro-UFPE). Os pesquisadores organizadores do evento pertencem ao Núcleo de Pesquisa e Avaliação Comportamental em Grupos de Risco (Nupac-GR) que compõe uma das linhas de pesquisa do Núcleo de Assistência, Ensino e Pesquisa sobre Transtornos Afetivos, registrado desde 1992 no Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

O evento é realizado em consagração ao dia mundial de prevenção do suicídio (10 de setembro) e integra o mês de conscientização sobre a violência auto infligida (Setembro Amarelo) tendo por principal objetivo alertar a população sobre o fenômeno do suicídio. Os organizadores acreditam que a realização do evento pode contribuir para adoção de medidas preventivas baseadas na divulgação de informações e troca de conhecimentos entre os convidados, palestrantes e o público participante e esperam, ainda, que a ação possa corroborar no combate do preconceito dos casos de tentativa e suicídio na cidade de Recife.

Mais informações
Pós-Graduação em Neuropsiquiatria e Ciências do Comportamento 
(81) 2126.8539

Date of last modification: 03/08/2017, 16:55