Sobre Sobre

 

 
 
 
 
 
A Superintendência de Infraestrutura (SINFRA), antiga Prefeitura da Cidade Universitária, adotou como política de sustentabilidade a busca da inserção na UFPE, de práticas de gestão ambiental nas suas atividades acadêmicas e administrativas cotidianas.

 

Desta forma, vem inserindo nas suas atividades, desde 2012, procedimentos e propostas para a comunidade universitária.

 

Com a criação da Diretoria de Gestão Ambiental (DGA), Portaria 30 de 01/10/2012, vem desenvolvendo suas atividades, baseada nas seguintes atribuições:
 
· Elaborar projetos de melhoria de sustentabilidade das atividades e processos utilizados da universidade;
· Planejar sistemas de captação, tratamento e distribuição de água que atendem as demandas da universidade, conforme os padrões atuais de sustentabilidade ambiental;
· Identificar e propor soluções para tratamento de resíduos diversos;
· Coletar e dar o destino adequado ao lixo recolhido dos prédios e espaços dos Campi da universidade.
· Atuar no planejamento e de sistemas de captação e disponibilização de energias alternativas;
· Identificar e propor alternativas para projetos de edificações sustentáveis.
 
Dentro do escopo de suas atribuições, a DGA vem desenvolvendo ações com o objetivo de melhoria da sustentabilidade dos processos institucionais, como no tratamento e destinação final de todos os resíduos gerados nas atividades diárias, busca de consumo consciente, levando à comunidade universitária ações de educação ambiental e desenvolvimento da consciência de que todos são atores neste contexto.
 
A DGA promove, entre outras, as seguintes ações:
 
· Promove a inserção da Universidade nos padrões necessários de sustentabilidade;
· Realiza ações e campanhas de educação ambiental;
· Fiscalização e gestão de contratos ligados à Gestão Ambiental;
· Planeja sistemas de captação, tratamento e distribuição de águas.
 
A DGA tem a seguinte estrutura organizacional: