Notícias Notícias

Voltar

Alunos de Engenharia Química da UFPE fazem bonito na Olimpíada Brasileira do Ensino Superior de Química

Luccas de Moura Ribeiro está entre os 12 estudantes com maiores notas na classificação geral, cujo resultado será divulgado no dia 3 de dezembro

Estreantes na Olimpíada Brasileira do Ensino Superior de Química (Obesq), os alunos do curso de Engenharia Química da UFPE Luccas de Moura Ribeiro, Gabriel Braga de Albuquerque Maranhão, Gabryel de Sá Magalhães Vieira e José Matheus da Silva Nascimento obtiveram um resultado muito bom na competição. Para Luccas, aliás, o resultado pode vir a ser excelente, pois, além de estar entre os três medalhistas na modalidade físico-química, já foi informado que compõe a lista dos 12 estudantes com maiores notas na classificação geral e somente no dia 3 de dezembro, na solenidade de premiação, em Fortaleza, saberá se é ouro, prata ou bronze. Os demais estudantes da Federal de Pernambuco receberam Menção Honrosa.

Na olimpíada, que foi realizada por modo virtual, os alunos passaram por três fases de provas, sendo a primeira estadual e as seguintes em nível nacional, tendo como desafios problemas analítico-expositivos, nos quais são avaliados conhecimentos de Química Analítica, Química Orgânica, Físico-Química e Química Inorgânica. “Eu, particularmente, gosto muito deste tipo de competição, e como estou no final do curso, me inscrevi imaginando ser a minha primeira e última oportunidade de participar”, afirmou Luccas.

Para o estudante, que foi avisado sobre a Obesq pelo então coordenador do curso, o professor Luciano Costa, foi uma honra poder carregar o nome da UFPE em uma competição desse nível e estar entre os premiados “me fez perceber o quanto eu sou grato por esses anos como estudante da UFPE e o quanto eu pude aprender e crescer neste período”. Luccas acredita que o bom resultado dos alunos da UFPE seja uma combinação de esforço e interesse por parte dos alunos, somando à orientação de professores inspiradores. “Particularmente. lembro certos professores que me marcaram muito na graduação e que, com certeza, têm parte fundamental nesta conquista. Acredito que seja parecido com os outros estudantes”, afirma.

Segundo o professor Maurício Motta, atual vice-coordenador do curso de Engenharia Química, os resultados alcançados pelos nossos alunos na Obesq mostram que estamos no caminho certo de compromisso com a qualidade do ensino, sem esquecer o lado humano. “Ressaltamos que a dedicação e o esforço dos alunos foram fundamentais para obter tais resultados; isso alegra bastante o nosso corpo docente, uma vez que mostra o resultado da dedicação do mesmo e como a união docente/discente traz excelentes frutos”, completa.

Data da última modificação: 22/11/2021, 17:43

Contato Contato

Secretaria

UFPE - Universidade Federal de Pernambuco CTG - Centro de Tecnologia e Geociências / Escola de Engenharia de Pernambuco Rua Av. da Arquitetura, s/nº CEP - 50740-550

(81) 2126 8200 / 2126 8700
Para alunos - formulário

Localização Localização