Diretoria de Relações Internacionais

Grupo de estudantes estrangeiros da UFPE

Diretoria de Relações Internacionais

A Diretoria de Relações Internacionais (DRI) da Universidade Federal de Pernambuco é a instância responsável pelo intercâmbio da UFPE com instituições de ensino superior de diversos países. Ela possibilita aos estudantes e professores pernambucanos a troca de conhecimentos e experiências acadêmicas com discentes e docentes de todas as partes do mundo.

O trabalho dessa diretoria consiste na orientação de alunos e professores que buscam informações sobre opções e procedimentos necessários para estudar no exterior e na elaboração de acordos internacionais. Atualmente, a UFPE possui convênios formais com várias instituições estrangeiras, distribuídas por diversos países.

Destaques Destaques

Voltar

Abertas as inscrições para bolsas em curso de funcionalismo público da Fundação Botín

Estão abertas até 17 de maio as inscrições para a 9ª edição do Programa de Fortalecimento da Função Pública na América Latina da Fundação Botín. Serão selecionados universitários interessados na área de serviço público para participarem de um curso intensivo de oito semanas com o objetivo de fortalecer suas vocações no ramo através da formação de conhecimentos, aptidões e competências necessárias ao bom funcionalismo público. A Fundação cobrirá os custos do curso, passagens, traslados durante o curso, alojamento e seguro médico. A organização cuidará de todos os detalhes logísticos do candidato, já que ele não receberá nenhuma quantia monetária em mãos. O Programa não cobre os gastos com o visto, o deslocamento da casa do bolsista até o aeroporto e nem remarcação das passagens aéreas. As aulas começarão no dia 09 de outubro, em Madrid, e serão finalizadas em 29 de novembro na Fundação Getúlio Vargas, no Brasil. A candidatura deve se realizada on-line.

O programa é destinado a estudantes universitários nascidos entre 01/01/94 e 31/12/98, que tenham concluído ao menos 50% de suas graduações no momento da viagem e apresentem excelente desempenho acadêmico e vocação para o serviço público. Os candidatos também devem ser proficientes em inglês e, apesar de não ser obrigatória, a realização de estágios em instituições públicas e a participação em associações estudantis, políticas e sindicais serão considerados vantagens. Pessoas já graduadas não podem concorrer às bolsas.

O conteúdo do curso está estruturado em seis módulos: fundamentação jurídica, política e histórica; sociedade; habilidades e competências políticas e para o serviço público; economia; ética e filosofia política; e fortalecimento institucional e função púbica. Além das aulas serão realizados debates, viagens culturais (Caminho de Santiago, Valle del Nansa), torneio de debate, atividades esportivas, sessões de coaching personalizado e elaboração de projeto final em grupo, dentre outros.

O aluno da UFPE que deseje candidatar-se ao programa deve trazer à sala da DRI seu histórico atualizado (emitido pelo corpo discente ou do sig@, desde que autenticado pela coordenação ou escolaridade do curso) para obter a carta de apoio à candidatura assinada pelo reitor, documento obrigatório exigido pela Fundação. No histórico não deve constar nenhuma reprovação e o aluno deve apresentar média igual ou superior a 7,00 (sete). O aluno deve levar em conta que, como o documento tem que ser assinado pelo reitor, é necessário aguardar algum tempo para que ele fique pronto, portanto ele deve solicitar o documento o mais rápido possível.

O compromisso de realização de práticas após a participação no programa, que consta na documentação optativa mencionada pelo programa, deve ser firmado diretamente na coordenação do curso do candidato.

Mais informações

Fundação Botín

Data da última modificação: 03/04/2018, 15:38

Diretoria Diretoria

Maria Leonor Alves Maia
Diretora de Relações Internacionais
2126-7021
Eva Carolina da Cunha
Diretora Adjunta de Relações Internacionais
2126-8118
Secretaria - Informações Gerais
Mobilidade Incoming
Mobilidade Outgoing
Divulgação e Comunicação