Prédio do CAA à noite

O CAA

O Centro Acadêmico do Agreste (CAA) foi o primeiro campus da UFPE no interior de Pernambuco, tendo sido inaugurado em março de 2006, com o objetivo de contribuir com o desenvolvimento social, econômico e cultural do Estado. Inicialmente, o CAA funcionou em instalações do Polo Comercial de Caruaru. Na escolha do município para instalaçao de um campus avançado da UFPE, foi considerada sua relevância no contexto atual da região do Agreste, que possui como principais características: cadeias e arranjos produtivos predominantes nas áreas da confecção e da agroindústria, e principal centro de serviços e negócios e de distribuição de mercadorias.  

O Centro iniciou suas atividades com cinco graduações, nas áreas de Administração, Design, Economia, Engenharia Civil e Pedagogia. Além desses, atualmente, funcionam também as licenciaturas em Química, Física, Matemática, a Licenciatura Intercultural, os cursos de Engenharia de Produção, Medicina e Comunicação Social, que integram seis Núcleos de Ensino (Ciências Exatas e da Natureza, Ciências da Vida, Design e Comunicação, Formação Docente, Gestão, e Tecnologia).

Na sede definitiva, há Laboratórios Integrados de Ciência e Tecnologia, onde são desenvolvidos projetos de pesquisa e extensão e a formação continuada. Dessa maneira, o CAA contribui positivamente no atendimento às demandas da região, interiorizando o conhecimento científico, preparando a população para o desenvolvimento adequado das atividades produtivas por ela assumidas e incentivando iniciativas que venham garantir melhores condições de vida.

Destaques do CAA Destaques do CAA

Voltar

Professor da UFPE é homenageado no Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos

José Almir Cirilo recebeu o Prêmio Flávio Terra Barth como reconhecimento pelas contribuições significativas para a gestão e aproveitamento racional e sustentável dos recursos hídricos

Na quarta-feira (27), durante o XXIII Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, em Foz do Iguaçu (PR), o professor titular da Universidade Federal de Pernambuco - Campus do Agreste, José Almir Cirilo, recebeu o Prêmio Flávio Terra Barth.

O Prêmio, concedido a cada dois anos, tem como objetivo reconhecer a atuação de pessoas ou instituições que tenham se destacado por contribuições significativas para a gestão e aproveitamento racional e sustentável dos recursos hídricos.

Doutor em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1991), além da dedicação às atividades acadêmica, atuando principalmente nas áreas Hidrologia, Hidráulica Fluvial, Macrodrenagem, Geoprocessamento, Gestão de Recursos Hídricos, Otimização e Sistemas de Suporte à Decisão, José Almir Cirilo exerceu importantes funções de gestão nas áreas de recursos hídricos, meio ambiente e ciência e tecnologia, no Governo de Pernambuco, entre elas a de Secretário Executivo de Recursos Hídricos da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (2015-2016), Secretário Executivo de Coordenação Geral da Secretaria de Infraestrutura (2014), Secretário de Recursos Hídricos e Energéticos (2012/2013), Secretário Executivo de Recursos Hídricos (2007/2011), Diretor de Recursos Hídricos e Secretário Adjunto de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente (1995-1998).  Participou também do CTHIDRO-Comitê Gestor do Fundo de Recursos Hídricos do Ministério de Ciência e Tecnologia, como representante da comunidade científica (2001-2004) e como Presidente do Comitê Gestor (2005-2010). Presidiu a ABRH - Associação Brasileira de Recursos Hídricos (2000-2001), da qual hoje é conselheiro.

Data da última modificação: 03/12/2019, 11:53

Eventos Eventos

Contatos Contatos

Secretaria
(81) 2103-9156
Escolaridade
(81) 2103-9157
Assistência Estudantil
(81) 2103-9176
Central de Estágio
(81) 2103-9191

Localização Localização