Voltar

UFPE recebe medalha dos 200 anos da Revolução Pernambucana de 1817

Proposta de homenagear da UFPE é de autoria do deputado Clodoaldo Magalhães

A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) vai receber a Medalha Comemorativa do Bicentenário da Revolução Pernambucana de 1817, concedida pela Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco (Alepe), na próxima segunda-feira (11), das 18h às 20h, no Edifício Governador Miguel Arraes de Alencar (Rua da União, 397, Boa Vista). A UFPE será representada pelo reitor Anísio Brasileiro. A proposta de homenagear da UFPE é de autoria do deputado Clodoaldo Magalhães.

A Revolução Pernambucana de 1817, que eclodiu no dia 6 de março, é considerada um dos mais importantes movimentos de caráter revolucionário do período colonial brasileiro. Influenciados pelos ideais iluministas, pela Revolução Francesa e pela Independência dos Estados Unidos, e motivados, entre outros fatores, pela insatisfação popular com as decisões da corte portuguesa após a chegada ao Brasil, um movimento de revolta se formou.

Os revolucionários pernambucanos tinham como objetivo principal a conquista da independência do Brasil em relação a Portugal, com a implantação de um regime republicano e a elaboração de uma Constituição. Eles chegaram a formar um governo independente em Pernambuco por 75 dias. O objetivo da medalha comemorativa é homenagear instituições e personalidades que contribuíram para a preservação da cultura e da história pernambucanas.

 

 

Data da última modificação: 06/12/2017, 13:21