Voltar

UFPE obtém bom resultado no Times Higher Education 2021

Universidade ficou na 14ª colocação entre as 52 universidades brasileiras avaliadas

O Times Higher Education (THE), revista de avaliação de educação superior global sediada em Londres, na Inglaterra, divulgou hoje (2) o ranking global de universidades 2021. A UFPE ficou na 14ª colocação entre as 52 universidades brasileiras avaliadas. Em comparação com a posição internacional, a UFPE figura na posição 1001+ — a classificação é organizada em grupos — mantendo a posição de 2019-2020.

São incluídas no ranking instituições que mantêm cursos de graduação e com produção de, no mínimo, mil artigos científicos (indexados na base Scopus, da Elsevier) nos últimos cinco anos. As instituições devem ter produção de mais de 150 artigos indexados na plataforma. A universidade com mais de 80% de atividades concentradas em só uma área, das 11 áreas de trabalho avaliadas, é excluída. Em 2021, para o ranking de 2020, foram incluídas 1.527 universidades ao redor do mundo.

Na edição 2019/2020, foram incluídas 46 universidades brasileiras; a UFPE ficou na posição 13, empatada com outras instituições. No ranking 2020/2021, foram 52 universidades brasileiras; a UFPE ficou na posição 14. A Universidade de São Paulo (USP), mais bem colocada do país neste ranking, subiu da posição 251-300, no ano passado, para a de 201-250 — a partir de 200 (a colocação é feita em grupos). A Universidade de Campinas (Unicamp), que aparece em seguida, passou da faixa 501-600 para a de 401-500.

Confira as notas da UFPE obtidas nos últimos cinco anos,
de acordo com as cinco dimensões avaliadas

Dimensão

Peso

Indicadores

2017

2018

2019

2020

2021(*)

Ensino

30%

Pesquisa de Reputação: 15%

Proporção Aluno/Professor: 4,5%
Proporção Doutorando/Bacharelando: 2,25%

Proporção Doutorando/Professor: 6%

Receita Institucional: 2,25%

23,5

23,2

23,6

26,9

26,1

Pesquisa

30%

Pesquisa de Reputação: 18%

Receita Específica: 6%

Produtividade Individual: 6%

5,0

9,1

8,9

9,2

9,7

Citação

30%

Citações no Scopus: 30%

11,5

14,6

14,1

14,3

14,2

Visibilidade Internacional

7,5%

% alunos internacionais: 2,5%

% docentes internacionais: 2,5%
Coautorias internacionais: 2,5%

18,5

20,4

21,4

20,8

35,2

Receita da Indústria por Transferência de Conhecimento

2,5%

Receita para pesquisa vinda de fontes externas: 2,5%

32,1

47,0

36,7

35,9

21,4

Total

100%

 

14,19

16,78

16,50

18,33

18,18

(*) Divulgado em setembro/2020

Data da última modificação: 02/09/2020, 19:22