Voltar

Semana da Prematuridade começa nesta segunda (18) no HC

Haverá oficinas de cuidados com o bebê e de brinquedos recicláveis, além de atividades científicas com temas ligados à prematuridade para os residentes

Da próxima segunda-feira (18) até a sexta (22), a Unidade Neonatal do Hospital das Clínicas da UFPE vai promover diversas ações na Semana da Prematuridade do HC, para celebrar o Dia Mundial da Prematuridade, no dia 17. Haverá oficinas de cuidados com o bebê e de brinquedos recicláveis, além de atividades científicas com temas ligados à prematuridade voltadas para os residentes. O HC é unidade vinculada à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh).

A abertura da semana, na segunda, contará com um café da manhã para os colaboradores da Unidade Neonatal e para as mamães internadas, no hall do 4° andar. Na terça (19), acontecerá uma oficina de brinquedos recicláveis conduzida pela equipe de Terapia Ocupacional para as mamães aprenderem a confeccionar brinquedos lúdicos que possam ser usados posteriormente para estimular o desenvolvimento sensorial dos seus bebês.

Na quarta (20), haverá uma Reunião Científica sobre o tema “Prematuridade: prevenção e atuação da Obstetrícia e Neonatologia” e será ministrada pela médica neonatologista, Lindaci Sampaio, e pela médica obstetra, Aline Maranhão, na sala 7 do 3º andar (antigo curso médico).

Na quinta (21), a atividade será conduzida pela Fisioterapia, que promoverá oficina de cuidados com o objetivo de orientar, ensinar e trabalhar com as mães, os cuidados necessários que elas devem ter com os seus bebês após receberem alta. O encerramento da Semana da Prematuridade será na sexta e contará com um café da manhã para as mães e colaboradores da Unidade Neonatal, no hall do 4° andar.

“Nosso objetivo é sensibilizar os profissionais sobre o nascimento não só do bebê prematuro, como também da rotina da família, além de reforçar a importância dos cuidados que esses bebês necessitam”, explica a chefe da Unidade Neonatal do HC, Carmen Aymar.

A prematuridade representa um grave problema de saúde pública. De acordo com dados do Ministério da Saúde, no Brasil, cerca de 10% dos bebês nascem antes do tempo (da 37ª semana).

Em dezembro de 2018, o HC passou a contar com a Unidade de Cuidados Intermediários Neonatal Canguru (Ucinca) como forma de ampliar a assistência maternoinfantil. De acordo com a portaria 930/2012 do Ministério da Saúde, a Ucinca é responsável pelo cuidado do recém-nascido com peso superior a 1,250kg.
 

 

Data da última modificação: 14/11/2019, 14:50