Voltar

Pós em Design promove defesa de tese de doutorado no dia 15 de dezembro

O trabalho foi orientado pela professora Vilma Villarouco e coorientada pelo professor Alex Sandro Gomes

No dia 15 de dezembro, acontecerá a defesa da tese de doutorado “Modelo conceitual de ambiente de aprendizagem adequado a práticas com blended learning para Escolas de Ensino Médio”, de autoria de Thaisa Sampaio Sarmento, do Programa de Pós-Graduação em Design da UFPE. O trabalho foi orientado pela professora Vilma Villarouco e coorientada pelo professor Alex Sandro Gomes e será apresentado às 8h30, no PPG Design no Centro de Artes e Comunicação (CAC) da UFPE.

Resumo

O foco principal desta pesquisa é desenvolver um Modelo Conceitual de Ambiente de Aprendizagem adequado a práticas de blended learning para escolas de Ensino Médio, para tanto dotado de inovações em Design de interiores. Estuda-se a mudança de paradigma educacional do ensino tradicional, inicialmente centrado no professor, que ocorre numa configuração de sala de aula preparada apenas para atividades expositivas, para uma nova abordagem – colaborativa e centrada no estudante, em que o ambiente de aprendizagem acolhe os usuários, de modo a contribuir positivamente com a sua aprendizagem, através de recursos tecnológicos, adequação ergonômica e satisfação emocional. A pesquisa é conduzida pelo método de Design Science Research (Dresch et al., 2015), em triangulação com métodos de análise e projetação ergonômicas – Metodologia para o Ambiente Construído, MEAC (Villarouco, 2009) e as etapas de projetação ergonômicas de Attaianese de Duca (2012). A revisão de literatura é baseada em estudos sobre a ambiência escolar, padrões construtivos consolidados em ambientes escolares, inovação em ambientes de aprendizagem, e parâmetros de qualidade, conforto e ergonomia em ambientes de aprendizagem. A abordagem em design é de cunho participativo, a fim de envolver os usuários – estudantes e professores, e os especialistas no processo de elaboração do Modelo Conceitual, desde a etapa de concepção inicial, até contribuições e ajustes finais. A pesquisa assume um desenho majoritariamente qualitativo, e foi realizada em cinco fases distintas: a primeira fase foi de revisão de literatura e elaboração do referencial teórico. A segunda fase foi de desenvolvimento do método de pesquisa, seleção de técnicas e elaboração de instrumentos de coleta e análise de dados. A terceira fase foi de coleta de dados observacionais, e foi realizada em duas escolas de Ensino Médio – Liceo Statale Don Lorenzo Milani, em Nápoles, na Itália, e a Escola Técnica Cícero Dias, em Recife, no Brasil. A quarta fase consistiu da concepção e do desenvolvimento do Modelo Conceitual de Ambiente de Aprendizagem, assim como da sua avaliação junto a usuários e especialistas. As avaliações qualitativas e quantitativas geraram contribuições e ajustes, que foram compilados na quinta fase, destinada a elaboração de resultados finais. Os resultados encontrados apontaram para uma avaliação positiva das propostas apresentadas, tanto para as especificações técnicas quanto para as representações bi e tridimensionais geradas.

Mais informações
(81) 2126.8907
ppgdesignufpe@gmail.com

 

 

Data da última modificação: 16/11/2017, 13:50