Voltar

II Jornada de Estudos do Documentário conta com mostra aberta ao público

Evento é organizado pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação e pelo bacharelado em Cinema e Audiovisual

O auditório do Centro de Educação e os miniauditórios I e II do Centro de Artes e Comunicação (CAC) abrigam, de amanhã (26) até sexta-feira (29), a II Jornada de Estudos do Documentário. O evento é organizado pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação e pelo curso de bacharelado em Cinema e Audiovisual da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). O evento é gratuito e as inscrições para ouvintes estão abertas. Haverá uma mostra de documentários aberta ao público. Confira a programação completa e abaixo as sinopses da mostra:

Foto: Divulgação

Diretora Maria Clara Escobar participa de sessão de “Os dias com ele”

Amanhã (26), às 18h30 no auditório do CE

“Retratos de identificação”
Dir. Anita Leandro (2014) 74'/BRASIL/Documentário (Classificação: 12 anos)
Sinopse: Na época da ditadura militar, os presos políticos eram fotografados em diferentes situações: desde investigações e prisões até em torturas, exames de corpo de delito e necropsias. Hoje, dois sobreviventes à tortura vêem, pela primeira vez, as fotografias relativas as suas prisões. Antônio Roberto Espinosa, o então comandante da organização VAR-Palmares, testemunha sobre o assassinato de Chael Schreier, com quem conviveu na prisão. Já Reinaldo Guarany, do grupo tático armado ALN, relembra sua saída do país em 1971, em troca da vida do embaixador suíço Giovanni Bucher, conta como foi sua vida no exílio e fala sobre o suicídio de Maria Auxiliadora Lara Barcellos, com quem vivia em Berlim. Com essas revelações e testemunhos, segredos de um passado obscuro do país voltam a tona.

Quarta-feira (27), às 18h30 no auditório do CE
“Soldados do Araguaia”
Dir. Belisário França (2017) 74'/ BRASIL / Documentário (Classificação: 14 anos)
Sinopse: Soldados do Araguaia é um documentário que se propõe a dar voz às memórias e traumas de recrutas de baixa patente do Exército Brasileiro que combateram na sangrenta e nebulosa Guerrilha do Araguaia. Marginalizados pela historiografia oficial por sua filiação ao Exército e pelo próprio Exército por suas denúncias contra a corporação, esses personagens encontram aqui uma oportunidade inédita de compartilhar sua versão dos fatos.

Quinta-feira (28), às 18h30 no auditório do CE
“Os dias com ele” (sessão com a presença da diretora Maria Clara Escobar)
Dir. Maria Clara Escobar (2013) Os Dias Com Ele 107' / BRASIL /Documentário
Sinopse: Uma jovem cineasta mergulha no passado quase desconhecido de seu pai. As descobertas e frustrações de acessar a memória de um homem e de uma parte da história que são raramente expostos. Ele, um intelectual brasileiro, preso e torturado durante a ditadura militar não fala sobre isso desde aquele tempo. Ela, uma filha em busca de sua identidade.

Mais informações
II Jornada de Estudos do Documentário

jornadadodocumentario@gmail.com

 

 

Data da última modificação: 26/03/2019, 14:21