Voltar

Entrega do título de Técnica Administrativa em Educação Emérita a Zezé (in memoriam) é marcada pela emoção

Companheiros de trabalho e amigos da servidora, falecida em 2015, lembraram-se da convivência com a administradora Zezé

“O momento é de muita emoção porque ela nos deixou repentinamente com sua partida em 2015, mas Zezé está conosco aqui hoje.” A administradora Maria José de Jesus Figueirôa Silva recebeu o título de Técnica Administrativa em Educação (TAE) Emérita in memoriam da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) na terça-feira (8) à tarde e a frase do professor do Centro de Informática Hermano Perrelli, que foi pró-reitor de Planejamento, Orçamento e Finanças (Proplan) de 2011 a 2015 e proferiu o discurso panegírico, resume o sentimento dos presentes na cerimônia realizada na Reitoria.

Fotos: Passarinho

Filha da homenageada recebeu o diploma concedido

O professor destacou que Zezé era filha de uma família simples, que sempre gostou de ler e estudar e que atendia com muita disposição e amor a todos. Outros companheiros de trabalho e amigos da servidora, lotada na Proplan e falecida em 2015, também se lembraram da convivência com Zezé, como a atual diretora de Contabilidade e Finanças, Carmem Lúcia de Sousa Meneses, que trabalhou com ela durante 30 anos. “Ela continua sendo um exemplo para todos que fazem a UFPE. Ela adorava isso aqui e compartilhava isso conosco. É uma referência de amor à instituição”, ressaltou.

A diretora de Convênios e Contratos Acadêmicos, Lídia Maria Alves Rodella, professora do Núcleo de Gestão do Centro Acadêmico do Agreste (CAA), lembrou-se de Zezé como uma pessoa tranquila, forte, corajosa e decidida. “Ela sempre se colocava no lugar do outro. Todos a procuravam quando precisavam de ajuda”, afirmou. Para o professor aposentado Hermino Ramos de Souza, pró-reitor nos reitorados de Mozart Neves Ramos (1995-2003) e Amaro Lins (2003-2011), a servidora ajudou a construir a história da UFPE. “Zezé era uma pessoa muito rica tanto do ponto de vista do sentimento quanto da profissão”, destacou.

O diretor do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA), Jeronymo Libonati, que atuou como Diretor de Controladoria (2008-2012) e de Contabilidade e Finanças (2004-2005) da Proplan, afirmou que aprendeu muito com Zezé. “Ela era uma pessoa que mostrava caminhos e oferecia soluções”, afirmou. A filha de Zezé, a enfermeira Carla Patrícia Figueirôa Silva, que trabalha no Hospital das Clínicas (HC), disse que a mãe não media esforços em nome da UFPE. “Ela tratava sem distinção desde o reitor até o profissional de limpeza”, afirmou, destacando a felicidade e a gratidão pelo recebimento da homenagem.

Para o reitor Anísio Brasileiro, a concessão do título de TAE Emérito demonstra a maturidade institucional da UFPE, que busca oferecer oportunidades iguais a todos os setores. “Os técnicos administrativos estão presentes nas tomadas de decisão e seus cargos exigem imensa competência”, ressaltou, lembrando que Zezé foi exemplar como servidora pública. “A grande lição que Zezé nos deixa é o ouvido atento”, afirmou. Também compuseram a mesa da solenidade a vice-reitora Florisbela Campos e o pró-reitor da Proplan, Thiago Galvão.

CARREIRA - Zezé fez o curso pedagógico no Instituto de Educação de Pernambuco (1969) e cursou Administração na UFPE (1977). Ela ingressou como servidora na UFPE em 1968, por meio de um convênio entre a UFPE e a Sudene, desempenhando o cargo de datilógrafa até 1972, ano em que passou a integrar o quadro permanente da Universidade como auxiliar em Administração/agente administrativo/técnico em Administração. Em 1987, passou ao cargo de administradora, exercendo a atividade até 20 de janeiro de 2015, data de seu falecimento.

Desde o seu ingresso como servidora na Universidade, foi lotada na Seplan/Proplan. Exerceu as funções de diretora da Divisão de Orçamento (1991-1992), coordenadora de Orçamento e Finanças (1992-2008) e diretora de Orçamento e Finanças (2008-2015). O pedido de concessão do título de Técnica Administrativa em Educação (TAE) Emérita foi encaminhado pelo professor Hermano Perrelli e ratificado pela professora Florisbela Campos. A aprovação do Conselho Universitário (Consuni) aconteceu na reunião do dia 30 de setembro.

Confira o álbum de fotos da cerimônia, de autoria do fotógrafo Passarinho, da Ascom UFPE.

 

Data da última modificação: 11/10/2019, 16:46