Voltar

HC recebe tecnologia de realidade virtual e renova parceria com o Johnson & Johnson Institute amanhã (26)

Contrato de parceria do Centro Satélite do JJI com a UFPE será renovado por mais cinco anos

O Hospital das Clínicas (HC) recebe do Johnson & Johnson Institute (JJI) o simulador para treinamento em Realidade Virtual (Virtual Reality – VR, em inglês), tecnologia utilizada nos videogames e que vai permitir, tanto a residentes quanto a cirurgiões mais experientes, o desenvolvimento de suas habilidades em ambientes que se aproximam muito dos reais. A ferramenta será apresentada amanhã (26), na cerimônia que vai celebrar a renovação do contrato de parceria do Centro Satélite do JJI com a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) por mais cinco anos, a partir das 14h, no Núcleo de Cirurgia Experimental do HC, que é unidade vinculada à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh).

A Virtual Reality é uma ferramenta de educação profissional composta por um notebook, óculos de realidade virtual e controles (joysticks), resultando em um simulador de última geração, atualmente disponível em dois módulos: um voltado ao treinamento de cirurgias de artroplastia de joelho – em que uma articulação doente é substituída por uma artificial, ou seja, uma prótese – com o produto Attune e outro a procedimentos de artroplastia de quadril.

Ao iniciar o treinamento, utilizando os controles, o médico tem a oportunidade de experimentar a sensação de pegar os instrumentos, encaixar e desencaixar peças acessórias e realizar a cirurgia em um paciente virtual, que terá suas funções vitais monitoradas por aparelhos, como se estivesse em um centro cirúrgico real.

O Brasil foi um dos primeiros países a receber o equipamento – disponível em São Paulo desde abril –, como parte do plano de expansão geográfica desta tecnologia. A escolha do Recife para receber a VR é estratégica para o JJI, que aposta em difundir cada vez mais a educação médica e facilitar o acesso de estudantes e profissionais do Nordeste e do Norte do País às melhores práticas em diversas especialidades.

PARCERIA – Desde a sua inauguração, em 2014, o Centro Satélite no Recife, localizado no Núcleo de Cirurgia Experimental do HC, já treinou 3,5 mil pessoas, entre estudantes e profissionais da saúde de toda a região. A parceria permite que alunos do curso de medicina da Universidade tenham aulas teóricas e práticas nos laboratórios equipados com a mais moderna tecnologia para procedimentos cirúrgicos. O espaço, que também recebe estudantes de outras universidades de Pernambuco e outros estados, abriga treinamento em diversas especialidades cirúrgicas, como cirurgia geral, ginecológica, ortopédica, bariátrica, plástica, cardíaca, entre outras, além de cursos para instrumentadores cirúrgicos, enfermeiros e secretárias dos cirurgiões.

O reitor Anísio Brasileiro ressalta a importância dessa cooperação. “A continuidade da parceria entre o nosso HC e a Johnson & Johnson é de grande importância para as pesquisas na área de saúde, especialmente na área de cirurgia, desenvolvidas em nosso hospital. Com a renovação do convênio, teremos a garantia de que nossos profissionais e estudantes continuarão a ter acesso a equipamentos modernos para realizar cirurgias experimentais e prosseguir com seus estudos”, destaca.

“Essa parceria vitoriosa nos permite treinar e qualificar ainda mais os nossos médicos em procedimentos cirúrgicos com técnicas de simulação, além de contribuir para a formação e aprendizado de nossos estudantes de Medicina, fortalecendo, assim, a vocação do HC na assistência às pessoas, no ensino e na pesquisa”, comenta o superintendente do HC, Frederico Jorge Ribeiro.

A parceria é considerada um sucesso pela líder de Educação Profissional para América Latina de CSS e dos Institutos da Johnson & Johnson, Fernanda Abi Jaudi. “Para nós, é uma grande satisfação disponibilizar esse avanço no treinamento das técnicas minimamente invasivas no Centro Satélite na UFPE. Estamos certos de que a VR pode simplificar e até substituir exercícios mais complexos e, assim, contribuir de maneira significativa para expansão da capacitação no Norte e Nordeste. Recife tem uma localização privilegiada, que permite fácil acesso para quem vem de outros estados dessas regiões”, afirma.

Data da última modificação: 25/09/2018, 14:52