Voltar

HC realiza Simpósio Pernambucano de PET-CT na Oncologia amanhã (9)

O evento visa discutir de forma multidisciplinar as principais aplicações clínicas desta tecnologia na Oncologia, a partir da experiência vivenciada no HC

Amanhã (9), o Hospital das Clínicas da UFPE promove a 1ª edição do Simpósio Pernambucano de PET-CT na Oncologia, no auditório da Faculdade de Medicina da UFPE, das 9h às 16h. O HC é unidade vinculada à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh).

O evento visa discutir de forma multidisciplinar as principais aplicações clínicas desta tecnologia na Oncologia, a partir da experiência vivenciada no HC. O simpósio contará com cerca de 150 participantes dentre estudantes e profissionais da área de saúde e tecnologia interessados, além da equipe de organização e um extenso corpo de palestrantes.

Para discutir o PET-CT em suas mais variadas instâncias, o simpósio contará com 18 palestrantes das diversas áreas que lidam com esse tipo de tecnologia, como Oncologia, Urologia e Medicina Nuclear. O corpo de palestrantes contará com especialistas do próprio HC e também de instituições de saúde do Brasil e uma participação internacional: o chefe da Medicina Nuclear do Instituto Nacional de Cancerologia do México, Osvaldo García, responsável por presidir as mesas de debate do evento.

García conceitua o simpósio como uma oportunidade importante para o intercâmbio de conhecimento tecnológico, ainda mais numa área de grande relevância como a medicina. “Com a globalização, nós temos que estar em contato constante com outros países que nos permitam essa troca de experiência, recursos etc. Por vir do México, avalio que essa é uma interação interessante, já que o meu país e o Brasil possuem similaridades econômicas, o que se reflete também em necessidades e características parecidas no âmbito da saúde”, explica.

De acordo com a organizadora do evento, a chefe do Serviço de Medicina Nuclear do HC, Simone Brandão, o simpósio tem como foco desmistificar e difundir mais amplamente o uso do PET-CT, explicando princípios básicos dessa tecnologia, noções de como é realizado o exame e também suas utilidades na área da saúde, especialmente na oncologia.

O exame de PET-CT ou “pet scan” é uma tomografia digital realizada por emissão de prótons. Além de se consolidar com uma tecnologia altamente avançada para o diagnóstico do câncer, ela permite que esse diagnóstico seja mais precoce e seguro. “O exame de PET-CT é um híbrido, que envolve imagem funcional e metabólica aliada à imagem anatômica da radiografia computadorizada. Dessa forma, temos uma noção muito mais precisa das ameaças de cunho oncológico”, conta Simone.

Data da última modificação: 08/11/2018, 15:19