Voltar

Fluxograma dá segurança aos pacientes dos serviços considerados essenciais do HC

Fluxos, protocolos e manuais estão no site do HC

Com serviços e ambulatórios que não podem parar a assistência aos seus pacientes, o Hospital das Clínicas da UFPE montou, desde o início da decretação da pandemia de Covid-19, um fluxograma de acesso a essas pessoas para dar segurança a todos que fazem a comunidade hospitalar. O HC é unidade vinculada à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh).

Por esse documento, ficou estabelecido que o acesso desses usuários se dá exclusivamente pela Portaria 4 (a dos ambulatórios, na avenida lateral) – assim como os visitantes de pacientes internados. As pessoas são recebidas pelo agente de portaria e/ou recepcionistas e encaminhadas para avaliação de um enfermeiro na recepção.

Se não houver sintomas respiratórios (tosse, dispneia, congestão nasal, dor de garganta, coriza), são orientadas para acesso ao local do serviço. Se, por outro lado, apresentarem algum sintoma, recebem logo a máscara e são orientadas a realizar higienização das mãos com solução alcoólica a 70% e direcionadas para triagem médica no Ambulatório de Cirurgia Geral (se sintomas gripais, dispneia leve e sem febre) ou para Sala de Precaução (se sintomas gripais, dispneia moderada e com febre). Os pacientes da Oncologia, Hemodiálise e Transplante serão atendidos na Sala de Precaução quando apresentarem sintomas de gravidade.

Esses e muitos outros fluxos, protocolos e manuais estão no site do HC.

Data da última modificação: 11/05/2020, 18:24