Voltar

Evento na FDR discute o tema da maternidade compulsória

A iniciativa será às 19h de hoje (11), na Faculdade de Direito do Recife (FDR), no centro do Recife

O grupo de assessoria jurídica voltado para os casos de violência contra a mulher, desenvolvido por estudantes da Faculdade de Direito do Recife, intitulado “Maria vem com as outras” , promove o evento “Minha mãe é mãe solteira - o abandono da mulher e a maternidade compulsória”. A iniciativa será às 19h de hoje (11), na Faculdade de Direito do Recife (FDR), no centro do Recife. A entrada é gratuita e aberta ao público.

O evento contará com palestras de Jo Cavalcanti: ambulante do comércio informal, mãe e militante do Sindicato dos trabalhadores do Comércio informal do Recife (Sintraci) e coordenadora estadual do MTST; Josenira Nascimento: advogada feminista, mãe de Davi; e Sara Rodrigues: mulher, mãe e periférica, militante do Coletivo de Mães Feministas Ranusia Alves e da Rede Nacional de Feministas Antiproibicionistas. As palestrantes abordarão o tema da maternidade compulsória e as questões que envolvem a mulher e a maternidade.

A ideia do encontro é abrir espaço para a pauta do universo das mães solo, além de outras questões que envolvem a mulher e a maternidade, desconstruindo muitos estigmas e tabus sobre o tema. Os dados do IBGE apontam que, entre 2005 e 2015, o Brasil ganhou mais de 1 milhão de famílias compostas por mães solos. Tais mulheres, além de serem julgadas por estarem fora do padrão da família heteronormativa tradicional, precisam enfrentar uma jornada de trabalho tripla a fim de garantirem seu sustento, cuidarem da casa, e tomarem conta dos filhos, sozinhas. Muitas delas acabam encontrando nos subempregos a última opção de sobrevivência em vista da rejeição do mercado de trabalho para com as mães. A reunião busca abordar caminhos sobre o tema.

Mais informações
Página do evento no Facebook

 
Data da última modificação: 11/06/2018, 12:41