Voltar

Engenharia Civil ganha Laboratório de Tecnologia dos Aglomerantes

Foram investidos R$ 353 mil em reforma física e aquisição de equipamentos

A UFPE vai inaugurar, na sexta-feira (14), às 10h30, a reforma e requalificação do Laboratório de Tecnologia dos Aglomerantes (LabTag). O espaço passará a contar com o piso, paredes, bancadas, parte elétrica e armários novos, instalados em uma área de 44 m², equipado com difratômetro de raios – X, condutivímetro, freezer de baixa temperatura (-30ºC), liofilizador, botijão criogênico, nobreak de 6kVa, 4 computadores, estufa, moinho analítico, agitadores magnéticos, dessecador a vácuo, entre outros.

Foto: Fabson Gabriel

LabTag vai dar suporte a projetos de graduação e de pós-gradução no CTG

Ligado ao Departamento de Engenharia Civil (Deciv) do Centro de Tecnologia e Geociências (CTG), o LabTag, que estava sem uso desde 2009, contou com investimento de R$ 18 mil para as instalações físicas, e R$ 335 mil para aquisição de equipamentos. A reforma das instalações físicas foi totalmente financiada pela UFPE e os recursos dos equipamentos são provenientes da própria Universidade (R$ 300 mil), com a Facepe e CNPq, que investiram R$ 35 mil.

Segundo o professor e chefe do Departamento de Engenharia Civil, Paulo Regis, o laboratório vai dar suporte a variados projetos de iniciação científica, trabalhos de conclusão de curso (TCCs), mestrado, doutorado e extensão voltados para a otimização de ligantes convencionais e desenvolvimento de materiais inovadores, além da viabilização de aulas práticas para os discentes da instituição.

“O LabTag possibilitará que o Deciv e a UFPE se insiram no tema de maior tendência mundial em pesquisa e desenvolvimento na construção civil, que é o desenvolvimento de aglomerantes (cimento) de baixo impacto ambiental. Espera-se que o novo laboratório possa interagir com a indústria da construção civil para formação de parcerias, atendendo demandas da sociedade”, afirma ele.

 

 

Data da última modificação: 06/12/2018, 14:50