Voltar

Em defesa da Educação

Artigo do reitor Anísio Brasileiro divulgado à sociedade pernambucana

A educação é um bem público essencial a qualquer projeto de desenvolvimento inclusivo, soberano e que represente as culturas e a riqueza da diversidade humana. Como parte integrante do sistema educacional de qualquer país, as universidades públicas constituem patrimônio da humanidade. Elas incorporam conhecimentos e saberes acumulados no tempo. No Brasil, somos 63 universidades lideradas pela Andifes que, associadas às estaduais e às comunitárias, respondem pela quase totalidade da produção científica do país. 

É no sentido de defender esse patrimônio da sociedade que foi criada, no Congresso Nacional, a Frente Parlamentar em Defesa da Universidade Pública. Neste momento dramático em que vive o Brasil, onde cerca de R$ 2 bilhões são cortados pelo Governo Federal do já insuficiente orçamento das Ifes, reafirmamos a necessidade da universidade pública, gratuita, orientada para a excelência na formação e inclusão social de seus estudantes. Defendemos a qualidade da produção científica; a difusão e a troca de conhecimento com impacto na sociedade; a internacionalização comprometida com o exercício da solidariedade entre os povos; a eficiência e eficácia na governança institucional. 

É urgente, pois, juntos com a Frente Parlamentar, ampliarmos a defesa das políticas públicas para a educação no Brasil. O êxito dessa iniciativa depende de estarmos coesos nessa luta contra cortes orçamentários arbitrários que impossibilitam as universidades de cumprirem seu legítimo papel social. Nossa conclamação às famílias dos estudantes, técnicos e docentes; aos governos em todos os níveis; às empresas públicas e privadas; à classe trabalhadora; aos diversos setores organizados da sociedade civil; ao poder judiciário; ao parlamento; à sociedade como um todo; a todos aqueles que têm consciência da importância da formação qualificada e ética dos jovens para o mundo do trabalho. Sejamos solidários na defesa da educação pública no Brasil. Lutemos pelas universidades. Afinal, a UFPE é nossa e defendê-la é defender o sistema de educação pública, é defender a soberania nacional e os brasileiros.

Anísio Brasileiro, reitor da UFPE

Recife, 15 de maio de 2019

Data da última modificação: 15/05/2019, 12:52