Notícias Notícias

Voltar

Eugênio Caraciolo é agraciado com título de Técnico Administrativo em Educação Emérito da UFPE

Título honorífico homenageia servidores com excepcional comprometimento com a administração no exercício de suas atribuições

Foto: Passarinho

Proposta da homenagem foi aprovada no dia 30 de setembro

“Quero sempre ter a motivação do meu primeiro dia de trabalho”, disse o assistente administrativo da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) Eugênio Geovani Caraciolo e Silva ao receber o título de Técnico Administrativo em Educação Emérito da UFPE na última sexta-feira (4) à tarde, no Auditório Reitor João Alfredo, na Reitoria. O título honorífico homenageia servidores com excepcional comprometimento com a administração no exercício de suas atribuições.

Eugênio ingressou na UFPE em novembro de 1984, participou de oito reitorados e explicou que sua paixão pela UFPE foi transmitida pela ex-vice-reitora Maria Antônia Amazonas Mac Dowell, com quem conviveu e trabalhou. Além dela, considera que 12 mil pessoas são responsáveis por sua formação, fazendo uma conta rápida dos servidores – técnico-administrativos e docentes, ativos e aposentados – que atendeu na sua carreira. “O maior patrimônio que vou levar da Universidade é o conhecimento”, disse.

O discurso panegírico foi proferido pelo professor emérito Aurélio Boaviagem, que destacou a importância dos técnicos administrativos na excelência universitária. “No caso de Eugênio, não é só a eficiência, mas uma série muito grande de virtudes: simplicidade, paciência, modéstia e lealdade”, ressaltou. “Ele sabe ouvir atento a todos os argumentos que lhe são apresentados e devota profundo amor à UFPE. A homenagem é mais do que merecida”, completou.

O servidor trajou as vestes talares do protocolo acadêmico nas cores azuis, em referência às Ciências Humanas. Em seguida, o reitor Anísio Brasileiro lembrou que sempre costumou consultar Eugênio sobre sua opinião na hora de tomar decisões. “Ele me ajudou muito mais do que pode imaginar”, disse. “Aprendi a lidar com pessoas a partir de Eugênio e compartilhamos muita coisa”, afirmou a chefe de gabinete, Lenita Almeida. A vice-reitora Florisbela Campos, por sua vez, frisou que o servidor é uma pessoa extremamente querida.

A diretora do Centro de Biociências (CB), professora Eduarda Larrazábal, que faz parte da Comissão Especial de Títulos Honoríficos, lembrou que a outorga de títulos para técnicos é uma mudança enorme trazida pelo novo Estatuto da Universidade. “A UFPE se modernizou para a beleza do reconhecimento”, resumiu. “Eugênio é um exemplo de servidor dedicado”, concluiu. Também estava presente na mesa a pró-reitora para Gestão de Pessoas e Qualidade de Vida (Progepe), Sônia Medeiros.

ATUAÇÃO - Eugênio Geovani Caraciolo e Silva tem graduação em Engenharia Química (1983) e pós-graduação no MBA Executivo e Finanças Corporativas (2001), ambos cursados na UFPE. De 1984 a 2005, exerceu o cargo de agente administrativo, passando, ainda em 2005, para o cargo de assistente em Administração, no qual permaneceu até 2019, ano de sua aposentadoria. Saiba mais detalhes sobre sua atuação e todos os cargos que assumiu na Universidade.

“Em todas essas funções, destacou-se pelo desempenho competente e pelo compromisso com a instituição, despertando a confiança e o respeito de todos”, diz o parecer de concessão do título honorífico. A proposta de concessão do título foi apresentada pelo reitor Anísio Brasileiro, pela vice-reitora Florisbela Campos e pelo professor emérito Aurélio Boaviagem e a aprovação pelo Conselho Universitário (Consuni) ocorreu no dia 30 de setembro.

Confira o álbum de fotos da cerimônia, de autoria do fotógrafo Passarinho, da Ascom UFPE.

 

Data da última modificação: 07/10/2019, 16:00

  • Livro discute lugar da mulher negra no mercado de trabalho
  • Línguas indígenas são instrumento de cultura e identidade
  • UFPE pesquisa origem e dispersão do óleo nas praias do Nordeste